Carreira & Educação

Como superar desafios do primeiro emprego

Foto: Reprodução/Divulgação

O primeiro emprego vem acompanhado de expectativas e medos que podem atrapalhar os profissionais em início de carreira, já que podem dificultar a adaptação e a superação dos primeiros desafios no mercado de trabalho.

Segundo Rodrigo Vianna, CEO da Mappit, consultoria especializada no recrutamento de profissionais em início de carreira, a falta de experiência é o principal desafio e não apenas pelos motivos óbvios, já que o empregador sabe que é o primeiro emprego do contratado e não deve exigir performance além do esperado, mas porque deste fator desencadeiam outras questões como o medo do novo. “O profissional não sabe o que vai encontrar e como vai ser a rotina, já que nunca passou por uma situação semelhante antes e isso pode gerar uma ansiedade além do natural”, avalia Vianna.

Para vencer este primeiro e mais complexo desafio, Vianna explica ser importante que a pessoa tente trazer à mente outras situações parecidas, como a do primeiro dia na faculdade, primeiro dia no intercâmbio e mudanças ao longo da vida. “Dessa forma, a mente se abre para a parte boa de uma nova experiência e não para o medo que paralisa”, explica.

O especialista lembra também que a velocidade das gerações millenial e Z, que estão entrando no mercado de trabalho, é bem diferente das gerações anteriores. “Isso traz muitas vantagens, mas também um ponto negativo que é o fato de muitas vezes não saber esperar por oportunidades, mais conhecimento e mais experiência”, afirma. Conseguir uma primeira oportunidade de trabalho e ter a expectativa de que em poucos meses possa subir de cargo é uma meta irreal na maioria dos casos, de acordo com Vianna.

Portanto, é recomendável alinhar as expectativas com o gestor e entender como funcionam as promoções e plano de carreira na empresa antes de criar expectativas incompatíveis com a realidade e acabar frustrado. “Aproveite para aprender tudo, compreender as áreas em que tem interesse em atuar, ganhar experiência e só então direcionar seus esforços para seu objetivo de carreira”, aponta.

Um terceiro desafio do profissional iniciante é a administração do tempo. Em geral este profissional ainda está terminando os estudos e tem dificuldade em conciliar trabalho, estudos, horário de descanso e vida social. “Neste caso, o melhor a fazer é se organizar e definir muito bem o tempo que cada uma dessas variáveis terá na vida do profissional”, aconselha Vianna.

O início da carreira é uma grande aventura e o começo de uma nova vida. Os desafios são naturais e esperados e devem ser superados com calma, organização e humildade. “Não há nada errado em pedir ajuda, orientação e feedback sempre que necessário, afinal, o profissional está começando a construir sua carreira”, finaliza.


Talvez você também goste