Comportamento

6 tipos de inteligência: qual é a sua dominante?

Fonte: Pexels

Quando se fala em inteligência, logo pensamos em alguém que em “gênio”, “nerd”, “crânio” – ou, se você tem pelo menos 30 anos, “CDF”. Mas você sabia que a inteligência pode ser relativa? Isso é porque temos 6 tipos, e cada um “aciona” em que temos mais facilidade, ou seja, no que somos melhores. Você sabe o nome da sua inteligência dominante? Veja abaixo:

1) Inteligência Linguística

Como às vezes dá uma invejinha quando alguém fala exatamente o que a gente gostaria, mas não soubemos nos expressar… advogados que o digam! Bem, isso é graças à inteligência linguística, que é a da retórica e das línguas. Ah, o sonho de colocar fluente pelo menos em quatro línguas no currículo! Pelo menos isso já é possível com a Babbel, o aplicativo que com apenas 15 minutos do seu dia te ensinar um idioma com diálogos práticos e úteis, pelo celular ou computador. Você pode aprender francês, italiano, e até russo se quiser!

Divirta-se aprendendo frases e termos úteis em várias línguas!

2) Inteligência Lógico-Matemática

Números, pequeno Einsten! É a área dos matemáticos, engenheiros e todos que tem uma boa lógica. Há quem diga que aqueles que são muito racionais (isso não é regra) têm uma certa dificuldade no primeiro citado. A resposta está em neurociência e o lado do cérebro que é estimulado. Será?

3) Inteligência Intrapessoal

Quem sou eu? Qual é o sentido da vida? Como posso contribuir para o mundo? Essa é a inteligência interna. Quem desenvolve essa inteligência tem uma grande capacidade de entender a si. Não é incomum que as pessoas mais “evoluídas” que conheçamos tenham uma alta conscientização sobre si mesmas e sejam capazes de mudar e adaptarem seus comportamentos em benefício daqueles ao redor.

4) Inteligência interpessoal

Vivemos em sociedade, então é muito importante ter inteligência social, e ela se expressa por gestos, linguagem corporal, tom da voz, etc. Quem não conhece alguém que seja mais tímido, introvertido ou alguém que é um tagarela? Ainda assim, ambos se expressam, e é essa expressão que nos permite distingui-los. Essa inteligência vem cada vez mais ganhando destaque na mídia.

Fonte: Pexels

5) Inteligência espaço-visual

Você tem noção de espaço? E formas? Geralmente as pessoas com essa inteligência mais protuberante transformam o mundo ao seu redor por meio de artes e arquitetura, são muito imaginativas! Há uma grande sensibilidade pela representação do espaço, mesmo antes da sua materialização, assim como de cores e linhas. Mapas, por exemplo, representam bem essa inteligência. Legal, não?

6) Inteligência corporal-sinestésica

Vamos nos movimentar! Atores, acrobatas e dançarinos são pessoas com alta inteligência corporal sinestésica.  Expressam suas ideias e pensamentos usando o corpo como ferramenta. Artistas plásticos também podem se encaixar nessa categoria, que valoriza as mãos como objetos de transformação ou produção para o desenvolvimento.

7) Inteligência músico-auditiva

Quem já ouviu falar que “Fulano parece que nasceu para a música?” Bem, a razão pode ser encontrada aqui. Como o nome diz, essa inteligência foca no som, melodia, ritmo e timbre. Mas quem está mais aflorado nessa categoria, pode ter sensibilidade para os mais diversos sons, seja o da água de uma cachoeira até uma sinfonia de Beethoven.

Agora, você já sabe que o seu “dom” tem nome!

Leave a Comment

Your email address will not be published.


Talvez você também goste