Comportamento Saúde & Bem-estar

Doces destroem esmalte dos dentes e levam à deterioração

Guloseimas com alto teor de açúcar estão cada vez mais presente nas dietas dos britânicos. segundo pesquisa realizada pela Dental Health Foundation, mais de cinco milhões de pessoas sucumbem à tentação dos doces no país.

O estudo, feito em parceria com a empresa do Listerine, mostrou que o hábito pode prejudicar os dentes. As informações são do Female First. “A maioria dos adultos e crianças no Reino Unido ingere muito açúcar, seja em lanches ou refrigerantes. Enquanto muitos de nós estamos conscientes de que doces podem ser apreciados com moderação, vale à pena notar que o açúcar pode esconder-se em alimentos que nem imaginamos, disse a nutricionista Amanda Hamilton.

Uma porção de 15 ml de catchup possui o equivalente a uma colher de chá de açúcar, uma lata (415 g) de feijões cozidos tem duas colheres de chá de açúcar, 30 g cereais com 125 ml de leite tem duas colheres de chá de açúcar, e uma porção de 300 g de sopa de tomate contem quatro colheres.

O chefe-executivo da Dental Health Foundation, Nigel Carter, afirmou que quando a pessoa ingere produtos ricos em amido ou açúcar, não está apenas se alimentando, mas também dando combustível para as placas bacterianas na boca. “A placa é uma película fina e invisível de bactérias pegajosas e outros minerais que cobre toda a superfície dos seus dentes.

Quando os açúcares em sua boca entram em contato com a placa, os ácidos resultantes podem estragar os dentes se ficam 20 minutos a mais após o término da refeição. A situação, se repetida muitas vezes, agride o esmalte duro dos dentes e leva à deterioração, disse Carter.


Talvez você também goste