Comportamento Moda & Beleza

Inovadoras, maquiagens controlam oleosidade e até flacidez

Além de darem um toque especial ao rosto, alguns itens inovadores de maquiagem podem ser mais eficazes do que se imagina. Formulados com substâncias capazes de ajudar na hidratação da pele, no controle da oleosidade e até na diminuição da flacidez facial, esses produtos vêm tomando conta do nécessaire feminino e servem como grandes alternativas às makes tradicionais, desde que sejam usados sem exageros. Por isso, confira, a seguir, as versões mais populares disponíveis no mercado, assim como as suas principais indicações, benefícios e restrições.

Bases que hidratam
Os cosméticos desse tipo possuem ativos como chá verde e vitaminas E e C, que ajudam na hidratação. Apesar disso, eles não devem ser encarados como um tratamento único para as peles muito secas e podem, inclusive, piorar o aspecto das oleosas. “Por essa razão, a melhor forma de utilizá-los é associando-os a algum tratamento estético de combate ao problema, feito com ou sem medicamentos. Dessa forma, eles podem ser usados todos os dias”, comenta Gabriella Vasconcellos, dermatologista da Clínica Goa Health Club, do Rio de Janeiro.

Como possuem uma função a mais do que as versões tradicionais e uma textura normalmente mais grossa, as bases que hidratam exigem alguns cuidados especiais no que diz respeito à sua aplicação. “Uma boa dica é passar um algodão umedecido pela água termal no rosto, antes de usá-las. Isso também ajuda a hidratar a pele”, ensina Angela Teixeira, maquiadora da Ophicina do Cabelo, do Rio de Janeiro.

Que controlam a oleosidade
Quem tem a pele oleosa sabe o quanto usar maquiagem piora a situação. Famosas no mercado, as bases com efeito mate prometem controlar o excesso de sebo liberado pela pele, deixando-a até mesmo com um toque seco. “Esses produtos não aumentam tanto a oleosidade como as bases comuns. Isso porque contam com agentes esfoliantes e até com o ácido salicílico, que podem ajudar muito no controle da acne”, explica a dermatologista. Porém, tanto em peles mistas quanto nas oleosas, esse tipo de base não deve ser usado diariamente (duas ou três vezes por semana é o ideal), pois obstrui os poros, piorando ainda mais o quadro.

É importante ressaltar, ainda, que é preciso retirar todo o produto antes de dormir e aplicá-lo com um pincel de cerdas macias, fazendo movimentos circulares, ou com as mãos bem limpas, para evitar a contaminação. Além disso, vale a pena investir em outros tratamentos contra a oleosidade.

Maquiagem mineral
Feitas com componentes naturais, como minerais extraídos da terra, moídos e sem qualquer adição de agentes químicos encontrados nas versões de makes tradicionais, as maquiagens naturais têm como principal benefício o fato de não provocarem reações adversas na cútis. “Elas são ideais para as peles sensíveis e muito oleosas porque não contam com óleos, fragrâncias ou substâncias que causem irritações”, afirma Gabriella. No dia a dia, a recomendação é aplicá-las com movimentos circulares e o auxílio do “kabuki”, pincel com cerdas mais curtas e resistentes.

Contra a flacidez
As bases com efeito “lifting” funcionam por conter ativos como a vitamina A, que oxigena a pele e reduz o aparecimento de rugas, além de derivados da soja, responsáveis por atuar em prol da firmeza e elasticidade. “Muitas delas também contam com ácido hialurônico, que completa a fórmula ajudando a reter a umidade natural da pele”, comenta a dermatologista. No entanto, elas não devem ser usadas diariamente (opte em utilizá-las duas ou três vezes por semana), em nenhum tipo de pele.

BB, CC, EE Cream
Conhecidos por serem cosméticos multifuncionais, eles possuem hidratantes, antioxidantes, clareadores, filtro solar e até esfoliantes. Apesar de tantos benefícios, a cobertura de cor de todos eles é menor. ”Por isso, são indicados apenas para as peles com menos imperfeições”, ressalta Angela. Os BB, CC EE Cream também não devem ser usados todos os dias porque podem causar reações adversas na derme.


Talvez você também goste