Comportamento Moda & Beleza

Mitos e verdades: O que pode gerar a queda ou crescimento dos cabelos?

Você já ouviu falar que cortar o cabelo durante a fase de lua cheia faz com que ele cresça mais rápido? Esse é uma das questões de cultura popular que mais se ouve envolvendo a queda e o crescimento capilar.

São diversas as dúvidas e confusões de leigos sobre a saúde do cabelo e do couro cabeludo. Não é incomum as pessoas não conhecerem a gravidade de alguns tipos de queda de cabelo e da necessidade de buscar tratamento com especialista. “Existem diversos tipos de alopecia, algumas de natureza autoimune, inflamatória ou infecciosa, por exemplo. Doenças sistêmicas e deficiências vitamínicas também podem ter reflexo sobre os fios, causando quedas agudas de número aumentado de fios”, explica o dermatologista Rodrigo Pirmez, do Rio de Janeiro, médico membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia, da European Hair Research Society e da North American Hair Research Society.

É importante observar o que pode ser considerada uma queda excessiva de fios. “Existe uma queda normal no dia-a-dia que não representa nenhum problema. Isso acontece porque estamos constantemente trocando fios antigos por novos. A média considerada normal é de cerca de 60-100 fios por dia.  Caso suspeite de que sua queda está acima do normal, ou ainda, caso observe falhas no couro cabeludo, o recomendado é procurar um médico dermatologista com experiência na área de doenças dos cabelos e couro cabeludo para realizar o diagnóstico precoce da condição”, explica o especialista.

Confira uma lista de alguns mitos e verdade sobre a queda e o crescimento de cabelo com a avaliação do Dr. Rodrigo Pirmez:

1 – É importante aparar as pontas para o cabelo crescer e ficar mais forte?

Mito.  “O cabelo é produzido pelo folículo piloso, no couro cabeludo. Cortar as pontas não vai influenciar no crescimento dos fios. A origem do mito se deve ao fato de os fios de cabelo serem um tecido sem vida, ou seja, não tem capacidade de se regenerar como a pele. Os danos sofridos pelos fios se acumulam com o tempo e são mais percebidos justamente nas pontas. Ao corta-las, retira-se a parte mais danificada do cabelo e por isso pode-se ter a impressão de que ele “ficou mais forte”. Mas isso não ocorre de fato “, explica o médico.

2 – O uso de pílula anticoncepcional diretamente no cabelo ajuda a fortalecer os fios?

Mito. “Não existe qualquer evidência de que a aplicação tópica da pílula anticoncepcional gere algum benefício aos fios. Isso não é recomendado.”

3 – Menopausa pode afetar o crescimento dos cabelos?

Verdade.  “Os fios de cabelo passam por um processo de envelhecimento que é natural. Depois da menopausa, esse processo é mais acentuado. De maneira geral, os fios vão afinando com o tempo e as pacientes tem a impressão de que o volume dos cabelos é menor. Essa redução do volume normalmente não é acentuada. Mas, em algumas mulheres pode ser intensa e requerer tratamento médico”, alerta o Dr.  Rodrigo Pirmez.

4 – Caspa pode agravar queda de cabelos?

Parcialmente verdade. Quadros inflamatórios muito intensos no couro cabeludo, incluindo casos graves de dermatite seborreica (caspa), certamente podem levar a queda dos fios. Em casos leves, a queda de cabelos não costuma ser uma queixa dos pacientes. Mas, considerando que qualquer inflamação tem o potencial de alterar o ciclo dos cabelos e causar algum grau de queda, é interessante que mesmo os casos mais brandos sejam tratados.

Fonte: Dr. Rodrigo Pirmez – Médico dermatologista com Graduação e Residência Médica em Dermatologia pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ). É membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia, European Hair Research Society e North American Hair Research Society. Atual coordenador do Departamento de Cabelos da Sociedade Brasileira de Dermatologia – Regional Rio de Janeiro. É um dos fundadores e atual vice-presidente da International Trichoscopy Society. Professor do Centro de Estudo de Doenças dos Cabelos e Couro Cabeludo da Santa Casa da Misericórdia – Instituto de Dermatologia Professor Rubem David Azulay. Autor de capítulos de livro e de diversos artigos científicos publicados em revistas médicas.Frequentemente palestra e coordena eventos médicos nacionais e internacionais.

Leave a Comment

Your email address will not be published.


Talvez você também goste