Comportamento Viagens & Destinos

Próxima viagem: Imigração espanhola ? Alguém já teve algum problema?

[mp_script_post_header]
Aeroporto de Barajas, em Madrid. Foto: rvr, Flickr

Aeroporto de Barajas, em Madrid. Foto: rvr, Flickr

Depois de tanto falar de Barcelona e Valência aqui no Vambora, faltou comentar um assunto muito importante, e que se tem escutado nos últimos tempos: o número de brasileiros barrados ao passar pela imigração espanhola.

Casos recentes e que saíram na mídia, como o do artista plástico Menelaw Sete (veja a matéria aqui) e de uma idosa de 77 anos (veja a matéria aqui), reforçam isso.

Eu, por experiência própria, não senti nenhuma dificuldade ou alguma pressão ao viajar para o país agora no começo do ano. Perguntas de quanto tempo pretendia ficar, mostrar a passagem de volta e reserva de hotel foram feitas, mas depois disso tudo Ok. Não durou mais do 2 minutos todo o processo. Nem no período de espera, vi alguém ser levado para sala de imigração. Mas a questão é: eu cheguei por voos Barcelona, pela Singapore Airlines.

A grande, se não a maioria dos casos de deportação vistos, tem sido de pessoas que chegam pela capital, através de voos Madrid, não necessariamente tendo como destino final a Espanha. Com bons preços, muitos brasileiros tem comprado voos baratos para Europa pela Ibéria e Air China, por exemplo, e acabam descendo em Madrid para conexão; nessa hora, o que se viu nas reportagens acima é que quem não apresentou todos os documentos rigorosamente solicitados, acabou sendo deportado.

Foto: Aticolunatico?, Flickr

Foto: Aticolunatico?, Flickr

Toda essa história começou exatamente por isso: o governo espanhol deixou mais rigorosas as medidas para se entrar no país, e são esses os documentos solicitados:

-> Comprovantes de reservas de hotéis ou carta-convite, caso for ficar na casa de alguém (registrada em cartório e com comprovante de residência);
-> Comprovantes de passagens de ida e volta;
-> Provar que têm recursos para se manter no país no período da estadia (fatura do cartão de crédito, por exemplo), sendo pelo menos R$ 170/dia por pessoa, o equivalente a cerca de 80 euros;
-> Passaporte com pelo menos 6 meses de validade;

Quando saíram, essas medidas foram tão mal vistas pelo governo brasileiro, que desde Abril/2012, está sendo aplicada uma política de reciprocidade, aumentando em quase 2x, o número de espanhóis deportados aqui no Brasil…O mal estar gerado foi tão grande que ambos pretendem revisar essas políticas num encontro agora, no começo de Junho (atualização: veja aqui como foi o encontro).

E você? Sofreu ou conhece alguém que recentemente teve algum problema na hora de entrar no país? Ou foi como eu e não teve dificuldades?

A Espanha é linda e interessante demais para que existam problemas assim com os turistas. Esperamos que nesse próximo encontro em Junho, as políticas de imigração, tanto da Espanha, tanto do Brasil mudem e tenham como objetivo incentivar ainda mais o turismo. Vambora?!

ATUALIZAÇÃO 05/06/2012 – Num encontro dos governos dos dois países, ficou menos burocrático entrar na Espanha. Veja mais detalhes nessa notícia da Revista Exame: http://ads.tt/jV_YhQ

Share

Blog Vambora


Talvez você também goste