Diversão Pets

Conheça tipos de ração e quanto dar para o seu cãozinho

[mp_script_post_header]

Nos dias de hoje, em que a obesidade afeta cada vez mais cães de estimação em todo o mundo, as dúvidas em relação à quantidade e o tipo certo de ração a dar para os animais são frequentes entre os donos de bichinhos de estimação – e a variedade oferecida pelo mercado pet na atualidade não facilita essa definição em nada.

Pensando nisso, apresentamos um guia resumido com os principais tipos de ração para cachorros disponíveis no mercado, possibilitando que você entenda qual é o mais indicado para o seu pet em cada fase da vida e qual é a quantidade mais recomendada de alimentos para que o seu bichinho tenha uma dieta balanceada e sem exageros. Confira:

Ração para cães filhotes
Desenvolvida para cachorros a partir dos 45 dias de vida, a ração para filhotes pode ser seca ou úmida, e o mercado já a disponibiliza em diferentes sabores contando com todos os nutrientes que um cachorrinho nesta fase precisa, sendo que o mais indicado é que os filhotes se alimentem de três a quatro vezes por dia com pequenas porções.

Ração para cães adultos
Feita para cães que já passaram de um ano de idade, a ração para cães adultos deve ser dada em menor quantidade (de 2,5% até 4% do peso corporal do animal) e dividida em duas refeições diárias. Lembrando que, se o seu cão foi muito agitado e tiver um gasto calórico bastante alto, essa proporção deve ser aumentada. Também disponível nas opções seca e úmida, essa ração deve ser a base da alimentação dos cães, que não devem se alimentar com as comidas de humanos para evitar problemas de saúde e de obesidade.

Ração para cães idosos
Direcionada para os cães de grande porte com mais de sete anos ou de pequeno porte com idade acima de dez anos, a ração para cães idosos reúne todo tipo de nutriente necessário para uma vida saudável na fase da ‘terceira idade canina’. A regra da quantidade aplicada aos cães adultos também vale para os idosos, e vale ressaltar que, nessa fase, os donos devem ficar atentos já que, em muitos casos, os pets passam a se recusar a comer.

Clique no link e saiba onde encontrar todo tipo de ração canina para o seu bichinho de estimação.

Matéria validada pelo Dr. Fábio Toyota (CRMV – SP 10.687), Médico Veterinário formado pela Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia – Unesp e responsável pelo setor de Oncologia Médica e Cirúrgica em Hospital Veterinário de São Paulo. Dr. Toyota é integrante da equipe de veterinários do portal CachorroGato.


Talvez você também goste