Diversão

EUA: mulher quebra o pulso e processa sobrinho de 12 anos

Uma consultora de recursos humanos está processando o sobrinho de 12 anos após ter quebrado o pulso por acidente, em 2011. O caso aconteceu nos Estados Unidos e as informações são do jornal The Guardian .

Segundo o site Westport News, Jennifer Connell alega que a criança, na época com oito anos, pulou em seus braços para recebê-la durante uma festa de aniversário. Na opinião da americana, o garoto agiu sem nenhum bom senso, fazendo com que ela caísse e quebrasse o pulso.

A tia pede uma indenização de US$ 127 mil (cerca de R$ 485 mil) para o garoto, cuja mãe morreu no ano passado. O site ainda afirma que a criança parecia confusa ao lado do pai durante o julgamento. Connell frisou que ama o sobrinho e o descreveu como uma pessoa “muito carinhosa, sensível” com ela.

De acordo com uma testemunha, no dia do incidente o garoto estava andando com sua bicicleta ao redor da casa e assim que a tia chegou, ele logo largou o brinquedo. “Lembro dele gritando ‘tia Jen, eu te amo!’ e correndo em minha direção”, conta Connell.

Ela afirmou que não reclamou do pulso na época, mas disse que sua vida tem sido “bem difícil” desde a lesão por causa da “superlotação que é Manhattan”. “Eu estava em uma festa recentemente e foi difícil segurar meu prato de aperitivos”, contou a consultora de RH.


Talvez você também goste