Diversão

Holandeses criam rato-voador com corpo de roedor morto

[mp_script_post_header]

Quando o animal de estimação de uma criança morre, ela fica inconsolável. Foi assim que ficou um garoto da cidade de Arnhem, na Holanda, depois que seu rato morreu. No entanto, inventores fizeram com que o rato voasse e, assim, trouxe de volta o ânimo do menino. As informações são do Mirror.

O projeto bizarro, dos inventores Arjen Beltman e Bart Jansen, consiste em transformar o corpo do animal em um pequeno drone, conduzido por um controle remoto. O avião foi montado a pedido de Pepeijn Bruins, 13 anos.

Bruins tinha visto que os cientistas fizeram o mesmo com um gato, em 2012. Inspirado, pediu ao seu pai que seu rato também recebesse asas, depois que o animal morreu de câncer. O pai atendeu ao pedido do garoto e entrou em contato com os inventores.

Foto: Reuters

Para a montagem do drone, três hélices foram instaladas em diferentes pontos do corpo do rato. “Voar é o maior sonho do ser humano. Portanto, pensamos que seria fantástico dar asas a animais que também não possuem essa habilidade naturalmente”, disse Jansen.

Depois do gato e do rato voadores, os inventores trabalham também na montagem de um avestruz e de um tubarão que voam. Todos os pequenos aviões são feitos com os corpos de animais sem vida.


Foto: Reprodução/Mirror



Foto: Reprodução/Mirror



Foto: Reprodução/Mirror


Talvez você também goste