Esportes

Convocados os maratonistas que representarão o Brasil em Londres

[mp_script_post_header]
DIVULGAÇÃO

CBAt – A Confederação Brasileira de Atletismo (CBAt) confirmou nesta segunda-feira 30 a relação dos convocados para a maratona da Olimpíada de Londres, cujo prazo de obtenção de índice terminou neste domingo 29. O Brasil terá três representantes no masculino – Marilson Gomes dos Santos, Paulo Roberto de Almeida Paula e Franck Caldeira – e uma no feminino – Adriana Aparecida da Silva.

A convocação foi feita através da Nota Oficial 48/2012, em conformidade com Critérios de Convocação das Seleções Brasileiras de Atletismo em 2012.

O brasiliense Marilson dos Santos, de 33 anos, compete como o mais forte corredor da modalidade no País. Oitavo colocado na Maratona de Londres deste ano, com 2:08.03, o atleta da BM&FBovespa colocou em foco agora os Jogos Olímpicos de Londres. “A expectativa é que o Marílson possa ter um bom resultado na maratona olímpica”, disse Adauto Domingues, treinador do atleta.

O paulista Paulo Roberto de Almeida Paula, do Cruzeiro, participa de sua primeira maratona olímpica. Aos 33 anos, ele é treinado por Marco Antonio de Oliveira. Paulo Roberto, nascido na cidade de Pacaembu, melhorou duas vezes seu recorde na maratona e chegou a 2:10:23, em Pádova, este mês. “O Paulo está muito bem”, disse a ex-atleta portuguesa Rita Borralho, agente do corredor na Europa.

Já o mineiro Franck Caldeira, de 29 anos, vai para a sua segunda maratona olímpica. “O Franck está mais maduro e experiente. Começamos a trabalhar juntos em setembro de 2011, com objetivo, a curto prazo, de conseguir a vaga para Londres. Em Milão, ele marcou seu recorde pessoal (2:12:03), depois de fazer boa preparação”, afirmou Ricardo DAngelo, treinador do atleta, que este ano passou a defender a Orcampi/Pão de Açúcar.

No feminino, Adriana Aparecida da Silva, do Pinheiros/Asiscs, está qualificada para os Jogos 2012. Para o técnico Cláudio Castilho, Adriana, de 30 anos, está muito tranquila e consciente de sua preparação olímpica. Na programação até os Jogos, há dois pedidos de Campings de Treinamento em altitude, um a partir do dia 20 de maio, em Paipa, na Colômbia, e outro na Suíça, depois do Troféu Brasil/Caixa de Atletismo.

“O objetivo é que ela fique na Suíça até a viagem para Londres, no dia 2 de agosto. Acho que a maratona olímpica terá mudanças de ritmo e não será tão rápida”, comentou o treinador.


Talvez você também goste