Esportes

Curitiba se organiza para demanda de saúde durante Copa

[mp_script_post_header]


A Copa do Mundo se inicia no dia 12 de junho e, quatro dias após, Curitiba recebe sua primeira partida da competição, entre Irã e Nigéria, às 16h, na Arena da Baixada. A capital paranaense, sabendo da demanda com a população e turistas, vem se preparando para dar o suporte necessário. O Hospital das Clínicas, próximo ao estádio do Atlético-PR, recebeu uma Unidade de Pronto Atendimento (UPA), que começou a funcionar em maio e atende 24 horas. Com isso, a capacidade aumenta em 500 atendimentos diários para os casos de urgência e emergência. As unidades básicas de saúde Ouvidor Pardinho e Pilarzinho, que atendem até às 22h, receberão os casos de menor gravidade. Além disso, um posto médico em frente à Arena da Baixada está sendo montado e funcionará nos quatro dias de jogo em Curitiba, fora outro já estruturado na Pedreira Paulo Leminiski, onde acontece as Fan Fests – duas em junho e duas em julho. Cada posto contará com três ambulâncias do Samu, médicos, enfermeiros e técnicos de enfermagem para realizar o atendimento necessário. As vigilâncias epidemiológica, sanitária, ambiental e saúde do trabalhador também atuarão nos locais do evento e outros locais de interesse avaliando riscos e monitorando a ocorrência de situações de risco para a saúde pública para detecção precoce e resposta rápida e articulada, explica a diretora de epidemiologia da secretaria, Juliane Oliveira. A preparação da secretaria para o Mundial ainda incluiu treinamentos para as equipes, com todas as entidades relacionadas para desenvolver um plano de ação para o atendimento de múltiplas vítimas para casos de atentados, contaminação química e desastres naturais.


Talvez você também goste