Esportes Futebol

Del Nero não vai mesmo ver jogo do Brasil na Argentina

[mp_script_post_header]

O presidente da CBF, Marco Polo Del Nero, confirmou a seus auxiliares mais próximos que novamente não acompanhará a seleção brasileira fora do País. A equipe joga contra a Argentina nesta quinta-feira (12), em Buenos Aires, pelas Eliminatórias do Mundial de 2018.

Já são quase 20 ausências consecutivas de Del Nero em compromissos no exterior como presidente da CBF, incluindo assembleias e eventos na Fifa e na Confederação Sul-Americana de Futebol.

Ele passou a evitar sair do País depois que o FBI deflagrou operação de combate à corrupção no futebol mundial, em 27 de maio, e prendeu vários dirigentes. Segundo a Justiça norte-americana, novas prisões devem ser efetuadas em breve.

Um dos presos, José Maria Marin, recentemente extraditado da Suíça para os EUA, era o grande parceiro de Del Nero na CBF nos últimos anos.

O atual presidente da Confederação Brasileira de Futebol já negou algumas vezes que tenha medo de ser preso pelo FBI em viagens internacionais. Disse que prefere ficar no Brasil por causa da demanda de trabalho na entidade.


Talvez você também goste