Esportes

Em jogo de 8 gols, Itália quebra série de tropeços e derrota Fluminense

[mp_script_post_header]

A seleção italiana desencantou neste domingo, quebrando sequência de sete jogos sem vitórias, ao superar o Fluminense por 5 a 3, em amistoso disputado no estádio da Cidadania, em Volta Redonda, na região sul-fluminense, o último antes de iniciar a disputa da Copa do Mundo. Com reservas em campo no apito inicial, a ‘Azzurra’ contou com talento dos dois atacantes, Ciro Immobile, que marcou três vezes, e Lorenzo Insigne, autor de dois gols, para superar os “donos da casa”. O Tricolor carioca descontou com Chiquinho, Carlinhos e Matheus Carvalho. Pouco mais de 17 mil pessoas acompanharam o jogo, que teve renda de R$ 1.322,50, e público pagante de 17.780. No Campeonato Carioca deste ano, por exemplo, o time das Laranjeiras teve como média público de 9.654 pessas quando atuou como mandante. Os italianos não venciam jogo desde 10 de setembro do ano passado, quando superaram a República Tcheca por 2 a 1, em Turim. Depois disso, foram seis empates e uma derrota. O último tropeço foi com Luxemburgo, em empate em 1 a 1. O duelo teve dois tempos distintos, com o primeiro terminando empatado em 2 a 2 e o segundo sendo vencido pela seleção, que está no grupo D da Copa, por 3 a 1. Os gols marcados na etapa complementar, aliás, saíram em intervalo de menos de três minutos. Depois do terceiro gol, marcado pelo jovem atacante Matheus Carvalho, a torcida do Tricolor puxou grito de “eu acredito”, que virou marca desde 2009, quando o clube escapou do rebaixamento na última rodada do Campeonato Brasileiro, e é usado para incentivar os jogadores em momentos complicados. Nos minutos finais da partida, o argentino Darío Conca ficou perto de marcar um gol de placa, após receber cruzamento e tocar de letra. O goleiro Antonio Mirante – convidado a fazer parte da delegação por precaução, já que Salvatore Sirigu se recupera de lesão -, fez grande defesa. Na Itália, o técnico Cesare Prandelli só colocou as principais estrelas do elenco para jogar por menos de 25 minutos. Andrea Pirlo e Mario Balotelli, dois dos que saíram do banco, foram ovacionados pela torcida do Flu, que foi maioria absoluta no estádio. A “baixa” na seleção tetracampeã mundial foi o goleiro Gianluigi Buffon, poupado pelo treinador. No lugar do titular quem atuou foi o jovem terceiro goleiro Mattia Perin, de 21 anos, que estreou com a camisa da Itália. Antes de a bola rolar, foi respeitado um minuto de silêncio em memória do ex-atacante Fernandão, que morreu ontem, aos 36 anos, em decorrência de um acidente de helicóptero. A seleção italiana voltará a campo no próximo sábado, para enfrentar a Inglaterra na Arena Amazônia, em Manaus. No dia 20, o adversário será Costa Rica, na Arena Pernambuco, e no dia 24, o jogo é contra o Uruguai, na Arena das Dunas.


Talvez você também goste