Esportes

Enderson depende de liberação da CBF para armar o Grêmio

[mp_script_post_header]


O Grêmio abre a semana com o técnico Enderson Moreira mais uma vez comemorando o fato de poder ter tempo para treinar o time e ajustar as jogadas da equipe tricolor. O próximo compromisso será domingo, às 16h (de Brasília), contra o Fluminense, na Arena do Grêmio. Para esta partida, o técnico tricolor não poderá repetir a mesma escalação que venceu a Chapecoense por 2 a 1, no último domingo. O volante Edinho, suspenso pelo terceiro cartão amarelo será desfalque e deverá dar lugar para Ramiro. A outra modificação que deverá ocorrer é a volta do meia atacante Luan no lugar de Alán Ruiz, que mais uma vez não teve um desempenho satisfatório. O próprio Enderson Moreira já deixou claro que Luan só não está entre os titulares porque o jogador ainda sente falta de confiança devido à recente fratura que sofreu na mão direita. O Luan é um jogador que teve uma lesão muito séria, quase teve uma fratura exposta. Ainda falta confiança, ele se sentir mais a vontade dentro de campo. Vamos trabalhar neste sentido para que nos treinamentos ele possa ter de volta esta confiança e voltar a fazer o que ele sabe. Ele é um jogador muito importante para a nossa equipe e, a medida que ele for dando esta resposta nos treinamentos, ele naturalmente retornará para o time, destacou o técnico gremista Enderson Moreira. Mas esta mudança agora não depende só do treinador. O meia atacante Luan foi convocado para defender a Seleção Brasileira sub-21 que vai disputar o torneio de Toulon, na França. A direção gremista está tentando junto à CBF a liberação do atacante para que ele possa permanecer com o grupo para a seqüência do Brasileiro pelo menos até a parada da Copa do Mundo. Além de Luan, o Grêmio também vai perder para Seleção Brasileira sub-21 o lateral esquerdo Wendell e o meia Jean Deretti. Como Wendell já está negociado com o Bayer Leverkusen e deve se apresentar na Alemanha no dia primeiro de junho e Jean Deretti não é titular de Enderson Moreira, a direção gremista foca para tentar pelo menos a liberação de Luan. É algo muito difícil, vamos conversar com CBF é tentar a liberação de pelo menos um dos três jogadores. Sabemos que para o atleta é importante servir a Seleção, mas o clube também precisa do jogador. Estamos disputando um campeonato muito difícil e depois teremos um período de treinamento durante a Copa do Mundo em que é importante a presença do jogador, destacou Rui Costa, executivo de futebol do Grêmio.


Talvez você também goste