Copa América

Campeão! Brasil supera expulsão, vence Peru e conquista Copa América pela nona vez

Campeão! Brasil supera expulsão, vence Peru e conquista Copa América pela nona vez - 1

Após 11 anos de jejum – três edições, contando com a Centenário em 2016 -, o troféu da ​Copa América voltou a ser verde e amarelo. Na tarde deste domingo (7), Brasil e Peru se enfrentaram na grande decisão da competição e, diferentemente do que se viu na primeira fase, protagonizaram um jogo pareado e bem disputado, com drama até o apito final. O diferencial para o título canarinho acabou sendo a parceria Cebolinha/Jesus, ambos com grandes atuações. No fim das contas, 3 a 1 para a Seleção Brasileira, com gols da dupla e mais um de Richarlison, que fechou o marcador. Paolo Guerrero descontou para a Rojiblanca, em cobrança de pênalti. Foi o nono título brasileiro na história do torneio, o primeiro desde 2007.

Já segue a gente no Instagram? Clique aqui e venha para a Casa dos Torcedores!

​​Primeiro tempo

FBL-COPA AMERICA-2019-BRA-PER

 

Mesmo diante de um estádio tomado de brasileiros, o Peru não se intimidou e tentou tomar as rédeas da partida logo de cara, marcando alto e sufocando a saída de bola da Seleção. A estratégia mostrou-se efetiva e gerou as duas primeiras finalizações, a primeira delas com Cueva, assustando Alisson. Passado o nervosismo dos minutos iniciais, a Canarinho começou a entrar aos poucos na partida e só precisou de uma estocada para abrir o placar: Gabriel Jesus fez bela jogada individual pela direita, limpou dois marcadores e cruzou na segunda trave. A bola caiu no pé de Everton que, livre de marcação, só escorou pra rede.

Aos 23′, Alex Sandro avançou pela esquerda e cruzou rasteiro, mas a finalização de Coutinho saiu mascada, à direita da meta de Gallese. Outra boa jogada nasceu dos pés do lateral-esquerdo brasileiro aos 36′, quando arrumou bom cruzamento da altura da intermediária e achou Firmino na marcação simples de Trauco. Bem mais alto que seu marcador, o atacante brasileiro até conseguiu cabeçada firme, mas a bola acabou subindo demais. Tudo parecia sob controle para o Brasil, até que uma chegada aguda de Flores pela direita mudou os rumos do primeiro tempo: cruzamento rasteiro e bola explodindo no braço de Thiago Silva, que vinha deslizando. Pênalti marcado e confirmado pelo VAR, com Paolo Guerrero convertendo.

FBL-COPA AMERICA-2019-BRA-PER

Quando os peruanos achavam que levariam o 1 a 1 para o vestiário, a Seleção provou estar com a força mental em dia e chegou ao segundo gol. Firmino conseguiu grande desarme no meio-campo e tocou para Arthur, que achou bem Gabriel Jesus na meia-lua, livre de marcação. O camisa 9 só teve o trabalho de deslocar Gallese, concluindo na saída do arqueiro rival.


Segundo tempo

FBL-COPA AMERICA-2019-BRA-PER

Tentando se aproveitar da animação do gol de desempate no minuto final, o Brasil voltou ligado para a etapa final, indo pra cima em busca do terceiro gol. Ele quase veio já aos 5′, quando Jesus chamou Coutinho pela direita e o armador finalizou forte da entrada da área, mas a bola acabou saindo por muito pouco. Aos 8′, Coutinho arrancou do meio-campo em jogada individual e engatilhou batida da meia-lua, mas teve seu chute travado pela marcação adversária. Firmino tentou aproveitar a sobra, mas finalizou fraco e sem direção. Aos 11′, o camisa 20 teve nova chance pelo alto ao se antecipar da marcação peruana, mas cabeceou pra fora após cruzamento de Alex Sandro.

Aos 24′, no entanto, um jogo que parecia favorável ao Brasil ganhou contornos dramáticos. Em uma disputa de bola no alto, o árbitro Roberto Tobar julgou que Gabriel Jesus foi no corpo do marcador rival e aplicou segundo amarelo, expulsando o camisa 9. A decisão, pra lá de questionável, deixou a Canarinho com apenas dez em campo, com mais de 20 minutos por disputar. A expulsão trouxe uma sobrevida aos peruanos, que ensaiaram uma pressão arriscando duas duas finalizações consecutivas, com Trauco (27′) e Flores (28′). Alisson parou a primeira, e viu a segunda passar perto de sua trave direita.

FBL-COPA AMERICA-2019-BRA-PER

Aos 43′, veio o desafogo para o torcedor brasileiro. Everton Cebolinha puxou contra-ataque, botou na frente em jogada individual e só foi parado no tranco, dentro da grande área. O árbitro Roberto Tobar assinalou pênalti e, após checar o vídeo, confirmou a infração. Richarlison foi para a cobrança e sacramentou o 3 a 1, dando números finais à decisão da Copa América 2019. Sob gritos de ‘O campeão voltou’, o time verde e amarelo só administrou o marcador até o apito final. Mais uma vez, a taça da Copa América é brasileira!

Fonte: 90min


Talvez você também goste