Esportes Futebol

Grêmio domina Coritiba, volta a vencer e se classifica

No primeiro dos dois duelos em menos de 72 horas com o Coritiba na Arena, o Grêmio levou a melhor. Diante da equipe reserva do Coxa, o Tricolor administrou sem problemas a vantagem adquirida no Couto Pereira, venceu por 3 a 1 e carimbou sua vaga nas quartas de final da Copa do Brasil. Geromel, Douglas e Luan fizeram os gols gremistas, e Rafhael Lucas marcou o gol da equipe paranaense.

Os reservas do Coritiba deram certo trabalho ao Grêmio no primeiro tempo. O placar em 1 a 1 levado para o intervalo deixava os paranaenses a um gol da vaga. Porém, o Tricolor Gaúcho marcou seu segundo gol no começo da etapa final, e a expulsão do volante Ícaro facilitou ainda mais a tarefa da equipe de Roger Machado, que apenas administrou a vantagem na meia hora final de partida, tendo tempo de fazer ainda mais um gol nos acréscimos.

Diante de um time descaracterizado do Coxa, o Grêmio tratou de administrar sua vantagem obtida na ida sem forçar o ritmo, devido ao acúmulo de jogos. E dessa forma chegou à abertura do placar somente aos 37min de jogo: Galhardo levantou escanteio no segundo pau, Erazo escorou de cabeça e Geromel desviou também de cabeça para as redes.

O gol, porém, não chegou a dar tranquilidade para o Grêmio, pois dois minutos depois o Coxa empataria. Evandro aproveitou erro de Marcelo Oliveira e cruzou para Rafhael Lucas, que ajeitou e bateu com categoria no canto. O 1 a 1 deixava o time paranaense a um gol da classificação.

Para não dar chance ao azar, o Grêmio voltou para o segundo tempo com uma postura mais agressiva. Teve inicialmente duas boas tentativas com Galhardo que foram para fora, uma em falta ao lado da área, outra aparando um rebote. Aos 10, o gol: Fernandinho deu lindo passe para Luan por trás da zaga. Ele tocou na saída de Vaná e Douglas completou quase em cima da linha, tranquilizando a Arena.

Com o gol sofrido, Ney Franco abriu o Coritiba, retirando o zagueiro Juninho para a entrada do atacante Guilherme Parede, deixando sua equipe mais propositiva, o que abriu espaços ao time gaúcho. Mas aos 18min, as coisas se complicaram ainda mais para os visitantes com a expulsão de Ícaro, por entrada violenta em Giuliano.

Com um a menos, o Coritiba ficou sem poder de reação, e o jogo tornou-se morno. Roger Machado aproveitou para substituir titulares importantes, evitando desgaste para o confronto entre os dois clubes no domingo, agora pelo Brasileiro. E nos acréscimos, Walace lançou Maxi Rodríguez na cara do gol e Henrique o derrubou fora da área. O árbitro expulsou o lateral do Coxa e deu pênalti, convertido por Luan: 3 a 1.

FICHA TÉCNIC
GRÊMIO 3 x 1 CORITIBA

Local: Arena do Grêmio, em Porto Alegre (RS)
Data: 27 de agosto de 2015, quinta-feira
Horário: 21h (de Brasília)
Árbitro: Thiago Duarte Peixoto (Asp. Fifa-SP)
Assistentes: Rogério Pablos Zanardo (Asp. Fifa-SP) e Alex Ribeiro (SP)
Renda: R$ 565.547,00
Público: 22.728 (20.606 pagantes)
Cartões amarelos: Luan (Grêmio); Alan Santos (Coritiba)
Cartões vermelhos: Ícaro e Henrique (Coritiba)
GOLS:
GRÊMIO: Geromel, aos 37 minutos do primeiro tempo; Douglas, aos 10, e Luan, de pênalti, aos 49 minutos do segundo tempo
CORITIBA: Rafhael Lucas, aos 39 minutos do primeiro tempo

GRÊMIO: Marcelo Grohe; Galhardo (William Schuster), Geromel, Erazo e Marcelo Oliveira; Walace, Edinho, Giuliano (Pedro Rocha) e Douglas (Maxi Rodríguez); Luan e Fernandinho
Técnico: Roger Machado

CORITIBA: Vaná; Ivan (Rodrigo Ramos), Luccas Claro, Juninho (Guilherme Parede) e Henrique; Ícaro, Misael, Alan Santos e Thiago Galhardo; Evandro (Thiago Lopes) e Rafhael Lucas
Técnico: Ney Franco


Talvez você também goste