Esportes

Juiz relata fúria de Robinho: “tu tá de sacanagem, maluco”

[mp_script_post_header]

O atacante Robinho teve um ataque de fúria ao ser expulso da partida contra o Botafogo, na última quarta-feira (1º), pela Copa do Brasil. Advertido por simulação de falta, o jogador partiu para cima do árbitro Dewson Fernando Freitas da Silva e, segundo a súmula divulgada no site da Confederação Brasileira de Futebol (CFB), soltou os cachorros.

“Expulsei aos 39 minutos do segundo tempo em decorrência do segundo cartão amarelo, o atleta de n°7 o sr. robson de souza, da equipe do santos, por simular uma falta. Após ter sido expulso o referido atleta veio em minha direção apontando o dedo ao meu rosto e proferindo as seguintes palavras: “porra tu tá de sacanagem, seu maluco”, e em seguida me puxou pelo ombro e continuou reclamando”, escreveu o juiz.

Ao deixar o campo, Robinho admitiu que “xingou de tudo quanto é nome” e classificou a arbitragem como péssima. A declaração provocou temor nos torcedores santistas por conta de um possível gancho. A súmula, apesar de não revelar palavrões, realmente pode levar o jogador ao banco dos réus do STJD.

Robinho levou dois cartões no espaço de cinco minutos, quando o Santos já vencia por 3 a 2, o resultado final do jogo. Os 34min do segundo tempo, a advertência foi assim justificada. “Por protestar contra a decisão da arbitragem, após a marcação de um arremesso lateral em favor da equipe adversária”.

Com o vermelho, Robinho é desfalque certo para o jogo de volta em São Paulo, no dia 16 de outubro. O Santos pode empatar ou perder por 1 a 0 ou por 2 a 1 que mesmo assim se classificara para a semifinais da Copa do Brasil.


Talvez você também goste