Esportes

Juliana e Larissa batem holandesas e vão às quartas

[mp_script_post_header]
Marcelo del Pozo/Reuters

CBV ” As campeãs mundiais Juliana e Larissa formam a primeira dupla brasileira garantida nas quartas de final do torneio de Vôlei de Praia dos Jogos Olímpicos de Londres. Nesta sexta-feira 3, a dupla treinada pelo técnico Reis Castro, primeira do país a entrar em quadra na rodada das oitavas, derrotou as holandesas Madelein Meppelink e Sophie Van Gestel por 2 sets a 0 (21/10 e 21/17) na arena montada no Horse Guards Parade.

Melhor jogadora do mundo nos últimos três anos, Juliana marcou 13 pontos na partida ” nove de ataque, dois de bloqueio e dois de saque. Larissa teve a mesma pontuação, com 11 ataques e dois saques, e conseguiu ainda nove defesas.

“Praticamente não cometemos erros no primeiro set e isso fez com que as holandesas não nos ameaçassem em nenhum momento. No segundo, elas melhoraram, passaram a bloquear e defender com mais eficiência, e isso equilibrou o jogo. O mais legal foi que não desanimamos mesmo quando estávamos três pontos atrás e conseguimos reagir”, analisa Juliana.

Esta foi a quarta vitória consecutiva das brasileiras no torneio olímpico. Juliana e Larissa, que ainda não perderam sets em Londres, derrotaram Rigobert/Li Yuk, das Ilhas Maurício, Holtwick/Semmler, da Alemanha, e Klaplalova/Hajeckova, da República Tcheca, no Grupo A, na primeira fase.

Para Larissa, além da já conhecida qualidade na parte técnica, a dupla brasileira vem demonstrando outra importante característica no torneio olímpico.

“A parte psicológica é muito importante nesse torneio e estamos muito concentradas. Nosso diferencial está sendo manter o foco e a pegada forte em todos os momentos das partidas. Estamos colocando uma energia muito boa dentro da quadra e vamos assim até o final”, promete Larissa.

As próximas adversárias das brasileiras serão as alemãs Sara Goller e Laura Ludwig, que derrotaram as compatriotas Katrin Holtwick e Ilka Semmler nas oitavas por 2 sets a 0, parciais de 21/16 e 21/15. O duelo será no domingo 5, em horário ainda indefinido.

“A dupla alemã é muito forte e vamos treinar e nos preparar para enfrentá-las, tentando explorar os pontos fracos delas. O mais importante é manter a pegada e a concentração que estamos apresentando até aqui”, acrescenta Juliana.

O confronto olímpico será o 13º duelo entre brasileiras e alemãs em competições internacionais. A vantagem no histórico é de Juliana e Larissa, que venceram nove dos confrontos já disputados. O último encontro foi no Grand Slam de Roma do Circuito Mundial, em junho, e a vitória foi das europeias.

O JOGO

A dupla brasileira iniciou a partida com postura bastante agressiva, pressionando Meppelink, que falhou seguidamente e permitiu às campeãs mundiais abrirem 7/2. Em um contra-ataque bem finalizado por Larissa, a vantagem saltou para 12/5. Uma largada da brasileira ampliou a diferença para dez pontos em 16/6. No final, um saque de Juliana fechou a parcial em 21/10.

O começo do segundo set foi diferente e, quem esteve melhor foi a dupla holandesa, que abriu 5/2. As brasileiras buscaram a reação, reduziram para 9/8, mas as europeias marcaram três pontos seguidos e escaparam novamente em 12/9. Recuperando o ritmo do primeiro set, as campeãs mundiais empataram no 13º ponto, com um ataque de Larissa, e viraram para 15/14, também com a paraense. As brasileiras conseguiram uma pequena distância no placar e sustentaram até o fim, quando Van Gestel sacou na rede e confirmou a vitória brasileira em 21/17.

Talita e Maria Elisa enfrentam dupla tcheca

Também invictas na primeira fase, Talita e Maria Elisa tentam garantir vaga entre as oito melhores duplas da competição neste SÁBADO (04.08). Às 14h (de Brasília), as brasileiras jogarão contra as tchecas Kristyna Kolocova e Marketa Slukova, em partida que será transmitida ao vivo pelo canal Sportv.

As brasileiras têm 100% de aproveitamento no retrospecto contra as tchecas, que chegaram às oitavas em Londres como segundas colocadas do Grupo C. Em cinco encontros no Circuito Mundial, sendo o último em Abril, no Grand Slam de Xangai, foram cinco vitórias brasileiras.

A dupla que levar a melhor neste confronto jogará contra as vencedoras da partida entre Simone Kuhn/Nadine Zumkehr, da Suíça, e Jennifer Kessy/April Ross, dos Estados Unidos. O duelo entre suíças e norte-americanas será às 13h desta sexta.


Talvez você também goste