26°C 19°C

São Paulo, SP

24°C 16°C

Curitiba, PR

27°C 19°C

Belo Horizonte, MG

28°C 19°C

Rio de Janeiro, RJ

28°C 16°C

Porto Alegre, RS

30°C 24°C

Salvador, BA

Quarta-feira, 25 de Julho de 2012 - 07h00

As leis que devem reger a carreira de um bom advogado

Ligado na Facul

A profissão advogado é tradicional e vive um momento positivo com a abertura para novas áreas de atuação. Por outro lado, ainda existe um mito de que esta é uma carreira de mentirosos e malandros.

Alberto Toron, um dos advogados criminalistas mais conhecidos do Brasil, com 30 anos de profissão, constatou que estes profissionais chegam a ser mais detestados que políticos.

De fato, um bom advogado sabe argumentar e Toron confessa que já livrou pessoas culpadas de irem para a prisão. Para ele, existem profissionais que mentem para seus clientes, como em toda profissão, e cabe à OAB puni-los.

Em contrapartida, outro mito é de que direito tem a ver com glamour. Para candidatos e interessados em seguir na área, é importante ter consciência de que, apesar do terno e gravata, o profissional passa longe da vida boa e, muitas vezes, precisa defender casos escabrosos.

A dica de Toron é pontual. Ele afirma que fatores ideológicos podem influenciar a conduta do advogado, mas até certo limite. Recusar uma causa por limitações pessoais é aceitável, mas não por achar que o cliente é culpado.

O papel do advogado não é acusar ou julgar, e sim defender e acreditar no cliente. A grande faceta se revela quando todos dizem que alguém é culpado e ele consegue provar o contrário.

A área criminalista é só uma das diversas opções do direito. Se você gosta e tem interesse pela profissão, procure conhecer o curso, explorar as possibilidades e escolha sua facul com critérios. Garantir a qualidade da formação é o primeiro passo para ter uma carreira de sucesso. Fique ligado!

publicidade:

publicidade:

publicidade: