34°C 20°C

São Paulo, SP

32°C 18°C

Curitiba, PR

31°C 17°C

Belo Horizonte, MG

38°C 18°C

Rio de Janeiro, RJ

24°C 19°C

Porto Alegre, RS

28°C 21°C

Salvador, BA

Sexta-feira, 22 de Setembro de 2017 - 18h01

Disque Denúncia oferece recompensa por informações sobre invasão da Rocinha

Agência Brasil

 

 

O Portal dos Procurados do Disque Denúncia oferece recompensa de R$ 1 mil por informações que levem às prisões de suspeitos de envolvimento na invasão à comunidade da Rocinha. No cartaz, divulgado na sexta-feira (22), aparecem as fotos de Emanuel Bezerra de Araujo, de 18 anos; Ramom Aleluia, o Manga, de 37; Henrique Marques de Oliveira, de 25; Jurandir Silva Santos, o Parazinho, de 24; Marcelo Xavier da Costa, de 34; Thiago de Oliveira Pereira, o Popó; Ricardo Souza de Lima, o John Rambo, de 32; e Rayane Alves de Oliveira, a Balotelli, de 22. Todos já tiveram a prisão decretada pela Justiça.

 

Na quinta (21), a Justiça do Rio de Janeiro também decretou a prisão temporária do traficante Rogério Avelino da Silva, o Rogério 157. No caso dele, as autoridades oferecem recompensa de R$ 30 mil por sua captura. Rogério 157 e Antonio Bonfim Lopes, o Nem, preso na Penitenciária Federal de Porto Velho são acusados de disputarem o controle do tráfico na Rocinha, que desencadeou uma guerra na comunidade desde o último domingo (17).

 

Nessa quinta-feira, a Polícia Civil prendeu na favela de Acari, zona norte da cidade, Geovane Silva de Lima, de 21 anos. Segundo os investigadores, ele é acusado de ser um dos 12 criminosos identificados até agora que participaram da invasão da Rocinha. O grupo faz parte da quadrilha de Nem, que tenta reassumir o controle do tráfico de drogas na favela.

 

Denúncia anônima

Quem tiver qualquer informação a respeito da localização dos envolvidos na guerra da Rocinha favor informar as autoridades pelo Whatsapp ou Telegram do Portal dos Procurados no número (21) 98849-6099; pela mesa de atendimento do Disque Denúncia (21) 2253-1177, por meio do Facebook; e pelo aplicativo Disque Denúncia RJ.

 

Todas as informações serão encaminhadas para a 11ª Delegacia de Polícia, da Rocinha, que está encarregada do inquérito criminal sobre o caso. O anonimato é garantido.

publicidade:

publicidade:

publicidade: