34°C 18°C

São Paulo, SP

31°C 17°C

Curitiba, PR

31°C 18°C

Belo Horizonte, MG

38°C 19°C

Rio de Janeiro, RJ

24°C 19°C

Porto Alegre, RS

28°C 20°C

Salvador, BA

Quarta-feira, 19 de Abril de 2017 - 16h27

Marcos Harter é indiciado por agredir Emilly Araújo no BBB17

Redação Mundo Positivo

Foto: Reprodução/Gshow

 

Segundo informações divulgadas pela Globo News, na quarta-feira (19), o cirurgião plástico Marcos Harter foi indiciado sob a acusação de agredir a estudante Emilly Araújo, durante o confinamento no reality show Big Brother Brasil 17.

 

LEIA MAIS

+ Marcos é expulso do BBB17 por agredir Emilly
+ Família de Marcos diz que vai processar Leo Dias
+ Marcos fala sobre expulsão: ''Jamais tive intenção de machucar''
+ Aposentada gasta R$ 1200 em ligações para ajudar Emilly no BBB17

 

O inquérito foi instaurado devido à quantidade de provas (imagens capturadas pelo programa, laudo pericial e os depoimentos do agressor e da vítima), analisadas ao longo dos últimos dias. Com a comprovação das lesões provocadas pelo médico, o processo foi encaminhado ao Ministério Público.

 

Entenda o caso

Na última semana da atração, o público pediu a expulsão de Marcos por apontar o dedo na cara de Emilly, encurralá-la em um canto da casa do BBB, gritar com ela e agredi-la física e psicologicamente.

 

A Delegacia de Atendimento à Mulher (DEAM) de Jacarepaguá, do Rio de Janeiro, interviu e conversou com ambos os participantes. A perícia analisou as marcas pelo corpo da jovem de 20 anos e, após isso, a Rede Globo decidiu expulsar o médico. Fora do BBB, os dois prestaram depoimentos e evitaram comentar o assunto com a imprensa. Marcos fez apenas um pronunciamento por meio do Twitter.

 

"Jamais tive a intenção de machucar física ou emocionalmente uma pessoa pela qual nutri tanto carinho e afeto. O programa tem um formato destinado a levar o nosso emocional ao limite e, consequentemente os nervos à flor da pele", disse o cirurgião plástico.

publicidade:

publicidade:

publicidade: