Gripe H1N1 faz vítima fatal no Sertão de Pernambuco

Vítima, uma mulher de 42 anos, morava em Salgueiro, no Sertão pernambucano; Até o momento, a Secretaria Estadual de Saúde registrava onze notificações em todo o Estado contra sete ao longo de todo o ano passado  

Terça-feira, 31 de Julho de 2012 - 17h11 | Brasil

ELZA FIUZA AGENCIABRASIL-ABr

Raphael Coutinho _PE247 " Pernambuco confirmou, nesta terça-feira (31) o primeiro caso de morte em decorrência da gripe A (H1N1) neste ano.  A vítima, uma mulher de 42 anos, moradora do município de Salgueiro, no Sertão do Estado, faleceu em junho, mas somente agora a Secretaria Estadual de Saúde (SES) confirmou a causa morte provocada pela doença. A mãe da vítima também contraiu a H1N1 e resistiu. Até a última sexta-feira (27), foram notificados 11 casos da doença. Já em 2011, foram seis notificações e uma confirmação, que depois evoluiu para óbito.

A doença é caracterizada pelo surgimento simultâneo de febre, tosse ou dor de garganta, dores de cabeça, muscular ou nas articulações. O antiviral, que reduz as chances de que a doença evolua para um caso grave  tem maior eficácia quando tomado nas primeiras 48 horas desde o início dos sintomas.

A rede pública de saúde disponibiliza gratuitamente, em períodos de campanhas, a vacina contra a gripe A. No Estado, o público-alvo é formado por indígenas, gestantes, crianças entre seis meses e menores de dois anos, idosos e trabalhadores de saúde que atuam em serviços de referência para pacientes com influenza. A vacinação neste exercício ocorreu durante o mês de maio. No total, 1,2 milhão de pessoas foram imunizadas, o que representa 87% do total de 1,37 milhões de pernambucanos inclusos na campanha. A meta do Ministério da Saúde era imunizar, no mínimo, 80% do total.

Brasil 247
Compartilhe:

* Todos os campos são obrigatórios.

Editoria: Brasil

* Todos os campos são obrigatórios.