30°C 16°C

São Paulo, SP

26°C 14°C

Curitiba, PR

28°C 15°C

Belo Horizonte, MG

31°C 15°C

Rio de Janeiro, RJ

27°C 16°C

Porto Alegre, RS

27°C 22°C

Salvador, BA

Terça-feira, 31 de Janeiro de 2017 - 10h32

Os 10 profissionais mais difíceis de encontrar no Brasil

Redação Mundo Positivo

 

Segundo a Agência Senado, o Brasil conta hoje, com mais de 22 milhões de desempregados. Em contraponto, algumas empresas locais vêm enfrentando problemas para preencher cargos de níveis técnicos, por não haver profissionais qualificados às vagas. De acordo com a pesquisa “Escassez de Talentos” do ManpowerGroup, cerca de 41% das companhias brasileiras enfrentam carência de servidores da área técnica.

 

Confira a seguir, os dez profissionais mais difíceis de encontrar:

 

1. Técnicos: técnicos de produção, operações ou manutenção;
2. Apoio aos serviços de escritório: secretários, recepcionistas e assistentes administrativos;
3. Operadores de produção/máquinas: operadores de maquinaria especial;
4. Negócios especializados: eletricistas, carpinteiros, soldadores, assentadores de tijolos, rebocadores, encanadores e pedreiros;
5. Representantes de vendas: executivos de vendas, assessores de vendas e pessoal de vendas no varejo;
6. Administração/executivos: gerentes seniores e do nível de diretoria;
7. Pessoal de contabilidade e finanças: contabilistas, contadores certificados e analista financeiros;
8. Motoristas: motorista de caminhão, de camioneta, de transportes pesados, entrega, equipamentos pesados e de construção;
9. Engenheiros: engenheiros mecânicos, elétricos e civis;
10. Profissionais de TI: desenvolvedores e programadores, administradores de bancos de dados, líderes e gerentes de TI.

 

*Com informações do G1

publicidade:

publicidade:

publicidade: