Mundo Notícias

Casal é preso após injetar álcool na veia de menino nos EUA

Uma mulher e seu namorado foram acusados de injetar álcool nas veias de uma criança de 13 anos que era portadora de deficiência mental. O crime aconteceu no condado de Caledônia, nos Estados Unidos e a criança, que era filha da acusada, não sobreviveu. As informações são do NBC News.

Segundo a publicação, Melissa Robitille, 38, e Walter Richter III, 38, foram acusados de homicídio. Isaac Robitille nasceu com problemas de saúde e, todos os dias, tinha que tomar remédios intravenosos. Na noite de sua morte, o casal decidiu injetar álcool na veia do menino.

De acordo com a autópsia, o nível de álcool no sangue de Isaac ultrapassou limite legal para motoristas adultos. Sua morte foi diagnosticada como anomalia cerebral, que contou com o álcool como um fator contribuinte. O casal foi preso.


Talvez você também goste