26°C 14°C

São Paulo, SP

23°C 11°C

Curitiba, PR

24°C 14°C

Belo Horizonte, MG

31°C 15°C

Rio de Janeiro, RJ

25°C 12°C

Porto Alegre, RS

28°C 23°C

Salvador, BA

Terça-feira, 05 de Junho de 2018 - 14h10

Cinco alimentos 'chaves' para o controle do colesterol

Redação Mundo Positivo

Foto: Reprodução/Divulgação 


Produzido pelo organismo e presente em diversos alimentos, o colesterol apresenta-se de duas formas: o HDL, conhecido como colesterol bom e o LDL, colesterol ruim. O HDL conduz o excesso de colesterol para fora das artérias, impedindo que ele se deposite e obstrua os vasos sanguíneos. Já o LDL, faz o caminho inverso, ou seja, transporta e deposita a substância nas paredes das artérias.

 

Segundo Cyntia Maureen, nutricionista e consultora da Superbom, exercícios regulares e uma boa alimentação são ideais para que haja equilíbrio de ambos. “Consumir alimentos que contenham fibras também auxilia no controle dos níveis de colesterol e na prevenção de doenças cardiovasculares”.

 

Confira os alimentos indicados pela especialista:


Granola

Além de ser rica em carboidratos complexos proveniente de cereais integrais, a granola é fonte de fibras alimentares. A fibra denominada beta-glucana, presente nesse alimento, é uma forte aliada no controle dos níveis do chamado de "colesterol ruim" no sangue e pode ajudar a diminuir a glicemia de indivíduos diabéticos.


Cevada

Incluir a cevada na alimentação é uma maneira de manter a saúde do sistema cardiovascular em dia. “Isso porque as fibras diminuem a absorção de colesterol no intestino, o que compromete a formação de placas nas paredes das artérias. Dessa forma, a possibilidade de obstrução das artérias, infarto e outras complicações cardíacas cai consideravelmente”, pontua Cyntia.


Soja

Este alimento têm uma proteína chamada isoflavonas genisteína, que contribui para inibir a oxidação do colesterol LDL. Além disso, ele possui outras substâncias que contém ação antioxidante. “Entre as vantagens da carne de soja estão seu baixo teor de gordura, ausência de colesterol, alto teor de fibras e elevado conteúdo proteico”, comenta a nutricionista e consultora da Superbom.


Ervilha

Assim como a soja, a ervilha é uma grande aliada nesse combate. A leguminosa contém substâncias que ajudam na redução do colesterol LDL, impedindo a formação das placas nas paredes das artérias e prevenindo doenças cardiovasculares.


Amendoim

Da mesma família da soja e da ervilha, o amendoim é uma verdadeira fonte de fibras. Rico em gorduras boas como o ômega-3, esse alimento ajuda a diminuir a inflamação no corpo, a proteger o coração contra doenças cardíacas e ainda auxilia no funcionamento regular do intestino.


publicidade:

publicidade:

publicidade: