Brasil Notícias

Coritiba estreia com 2 a 1 de virada no Galo em Minas

[mp_script_post_header]
Brasil247

Band.com

Poupando alguns de seus principais jogadores, o Atlético-MG estreou com derrota no Brasileirão. O time chegou a abrir o placar com Diego Tardelli, mas sofreu a virada do Coritiba já nos acréscimos e perdeu por 2 a 1 no Couto Pereira. Deivid e Arthur fizeram os gols do Coxa.

Em meio à disputa das quartas de final da Libertadores, o técnico Cuca decidiu poupar quatro de seus titulares: Ronaldinho, Jô, Marcos Rocha e Leandro Donizete. O time, que empatou por 2 a 2 no México contra o Tijuana, define seu futuro no torneio já nesta quinta-feira, no Independência.

Pelo Brasileirão, o Galo só volta a campo no dia 2 de junho, contra o São Paulo, no Independência, já pela terceira rodada. Isso porque o jogo contra o Grêmio – válido pela segunda rodada – foi adiado para o dia 9 devido ao jogo do meio de semana na Libertadores. O Coxa, por sua vez, já joga nesta quarta-feira, diante do Bahia, no Pituaçu.

O jogo

O Coritiba, com Alex comandando as ações, começou melhor, pressionando e mais solto, sendo que o atacante Geraldo era o seu jogador mais perigoso (embora a grande chance tenha sido de Junior Urso, que chutou forte e o goleiro Victor espalmou).

Só que o Coritiba caiu muito de ritmo cair a partir da metade final da primeira etapa. Assim, o Atlético passou a equilibrar e levar perigo.

Isso aconteceu em razão de Diego Tardelli começar a aparecer, buscando o jogo e o melhor posicionamento numa tarde em que não contava com o auxílio de Ronaldinho e de Jô. Foi assim que o time mineiro criou as melhores oportunidades. Mas os erros nas finalizações e a má performance de Bernard impediram a abertura do placar.

O segundo tempo começou animado. Graças as dois jogadores: Vanderlei, goleiro do Coxa, e Carlos César, lateral-direito do Galo. O camisa 1 do Coritiba engoliu um frangaço aos quatro minutos, num chute de Diego Tardelli. Gol do Galo e desespero da torcida alviverde, lembrando que o mesmo Vanderlei também falhara feio na decisão do Paranaense. Só que o Galo nem teve tempo para festejar. Aos sete, numa boa jogada de Victor Ferraz, Deivid concluiu de cabeça se aproveitando do cochilo de Carlos César.

A partir daí, o Alviverde se impôs mais uma vez para buscar a vitória. As entradas de Bottinelli e Lincoln deram mais qualidade. Mas a vitória só saiu nos acréscimos. A zaga do Galo falhou na marcação e Arthur garantiu os três pontos para o Coxa.



Talvez você também goste