Brasil Notícias

Dilma: 'Logística é fundamental para o País crescer'

[mp_script_post_header]
Brasil247

247 ” A presidente Dilma Rousseff destacou a importância da logística para o crescimento do País, em Ribeirão Preto (SP), nesta segunda-feira 12. Dilma participou da cerimônia que inaugurou o primeiro trecho do Sistema Logístico de Etanol Ribeirão Preto-Paulínia. “O Brasil precisa de um sistema de logística integrado e compatível com as dimensões do país”, afirmou a presidente, em seu discurso.

O duto que escoará o derivado da cana-de-açúcar tem 206 quilômetros de extensão, do Terminal Terrestre de Ribeirão Preto à Refinaria de Paulínia, e será operado pela Transpetro, subsidiária da Petrobras. Segundo Dilma, “esse trecho que estamos inaugurando hoje faz parte de um grande esforço do país para modernizar sua estrutura logística”.

Dilma também citou uma série de medidas do governo federal para o setor sucroalcooleiro, como o investimento de R$ 4 bilhões para a recuperação de 1 milhão de hectares de canaviais e a redução do PIS/COFINS para a comercialização do etanol. A partir do uso comercial do duto inaugurado hoje, será possível a venda do etanol hidratado em Paulínia ou sua transferência, por outros dutos, para Barueri e para o Rio de Janeiro.

O bom momento de geração de empregos no País voltou a ser lembrado pela presidente, que comemorou “uma das menores taxas de desemprego da história”. “Temos uma das menores taxas de desemprego do mundo, que oscila entre 5,8% a 6%. E o etanol tem um papel importante na geração de emprego”, disse. Sobre as qualidades do etanol, Dilma citou a “vantagem competitiva estratégica na questão ambiental”, algo pelo qual “o etanol brasileiro é reconhecido internacionalmente”, destacou.

O projeto terá, além do modal dutoviário, outro hidroviário, com previsão de aproximadamente 1.300 km de extensão de dutos e 700 km de hidrovia, com 15 terminais de coleta e distribuição, capacidade de transporte de aproximadamente 20 milhões de m³ de etanol por ano e armazenamento de 1,2 milhão de m³ de etanol.

Dilma destacou que o sistema é um projeto ousado, e que a primeira fase liga, por 206 km de dutos, Ribeirão Preto, uma das principais regiões produtoras de cana-de-açúcar e de etanol, a Paulínia (SP), que abriga uma das maiores refinarias do país. O investimento de R$ 7 bilhões para obra foi incluído no Programa de Aceleração do Crescimento (PAC2).

Com Agência Brasil e Planalto



Talvez você também goste