20°C 16°C

São Paulo, SP

19°C 13°C

Curitiba, PR

26°C 18°C

Belo Horizonte, MG

26°C 18°C

Rio de Janeiro, RJ

26°C 14°C

Porto Alegre, RS

28°C 22°C

Salvador, BA

Segunda-feira, 10 de Setembro de 2012 - 14h51

Mercado estima em 1,62% crescimento do PIB em 2012

Brasil 247
Divulgação

Kelly Oliveira, da Agência Brasil- Analistas do mercado financeiro consultados pelo Banco Central (BC) voltaram a reduzir a projeção para o crescimento da economia este ano. Na sexta redução seguida, a estimativa para o  Produto Interno Bruto (PIB), soma de todas as riquezas produzidas no país, passou de 1,64% para 1,62%. Para 2013, a projeção foi mantida em 4%. As informações estão no boletim Focus, publicação semanal do BC feita com base em estimativas do mercado financeiro para os principais indicadores da economia.

Também têm piorado, há 15 semanas seguidas, as projeções para a retração da produção industrial, este ano. Desta vez, a estimativa de queda passou de 1,78% para 1,89%. No próximo ano, a expectativa é que haverá recuperação, com crescimento de 4,5%, estimativa mantida há duas semanas. A projeção para a relação entre a dívida líquida do setor público e o PIB  passou de 35,25% para 35,37%, este ano, e foi mantida em 34%, em 2013.

A expectativa para a cotação do dólar ao final do ano permanece em R$ 2, tanto para 2012 quanto para 2013, há cinco semanas seguidas. A previsão para o superávit comercial (saldo positivo de exportações menos importações) passou de US$ 18,04 bilhões para US$ 18 bilhões, neste ano, e de US$ 15 bilhões para US$ 14,57 bilhões, em 2013.

Para o déficit em transações correntes (registro das transações de compra e venda de mercadorias e serviços do Brasil com o exterior), a estimativa foi ajustada de US$ 58,8 bilhões para US$ 59,2 bilhões, este ano, e mantida em US$ 70 bilhões, em 2013.

A expectativa para o investimento estrangeiro direto (recursos que vão para o setor produtivo do país) foi mantida em US$ 55 bilhões, este ano, e passou de US$ 59,01 bilhões para US$ 58 bilhões, em 2013.

 

publicidade:

publicidade:

publicidade: