32°C 16°C

São Paulo, SP

27°C 18°C

Curitiba, PR

28°C 21°C

Belo Horizonte, MG

34°C 19°C

Rio de Janeiro, RJ

27°C 19°C

Porto Alegre, RS

29°C 23°C

Salvador, BA

Sexta-feira, 01 de Dezembro de 2017 - 15h55

Faça a sua lista de resoluções para 2018

Redação Mundo Positivo

 

Nas últimas semanas do ano, é comum buscarmos refletir sobre as nossas ações e colocamos as nossas esperanças de mudanças na grande virada no calendário que se aproxima. No entanto, é importante lembrar que nada muda se não agirmos diferente, por isso, mãos à obra para conseguir ter um ano novo de mais realizações.

 

Portanto, não espere as coisas caírem do céu, porque assim vai ter apenas frustrações. Busque se educar financeiramente, para aprender de vez a lidar com o dinheiro, usando-o como meio para alcançar suas metas e as de sua família.

 

 

Neste momento, pense em tudo o que realizou e conquistou em 2016. Sabemos que este vem sendo um ano difícil, de crise econômica e política no Brasil, mas devemos nos atentar a cada uma de nossas realizações, sendo gratos pelo que alcançamos. Com a chegada de 2017, podemos dar continuidade ao que está parado e tirar do papel aqueles sonhos que temos dificuldade em realizar.

 

Agende com a família uma reunião em um domingo, após o almoço, com descontração e alegria. O tema do encontro: sonhos. Peça que cada um, incluindo as crianças, pense em três sonhos. Sempre lembrando que para as crianças, os sonhos se realizam mais rápido (curto em até um mês, médio em até seis meses e longo, em até um ano).

 

Não tenha medo ou vergonha de fazer as suas resoluções para 2017, pois de nada adianta pensarmos em planejamento e poupança se não temos objetivos que verdadeiramente sejam importantes para cada um de nós. E, claro, nem sempre as metas precisam ser coisas que o dinheiro pode comprar, então pense em absolutamente tudo que deseja concretizar no próximo ano, mesmo que seja algo não-material.

 

Em seguida, é a hora de planejar. Procure saber quanto custa cada um de seus sonhos em seu valor total (se for uma viagem, por exemplo, é preciso saber quanto será gastos em passagens, hospedagens, passeios, etc.). Já para as metas que independem de dinheiro, pense nas atitudes necessárias (se o desejo da criança for, por exemplo, aprender a ler, é importante que ela reflita sobre o que é preciso, como ir à escola com disposição, prestar atenção nas aulas, fazer as atividades em casa, etc).

 

O próximo passo é poupar, reunir os recursos necessários para conquistar as metas no tempo desejado. Mês a mês, se aproximará a data da conquista. No caso dos planos não materiais, será preciso “colocar a mão na massa” e trilhar os caminhos antes planejados.

 

Quando estamos no caminho certo, que nos levará à conquista de nossos sonhos, o foco e a determinação nos acompanham na jornada. O dia a dia se torna mais agradável, pois o foco das ações é justamente a felicidade. Então, não perca a oportunidade de planejar um ano melhor, trace as suas resoluções para 2017!

 

*Colaboração: Reinaldo Domingos, DSOP - Educação Financeira

publicidade:

publicidade:

publicidade: