Brasil Notícias

Empresários veem volta da confiança do consumidor

[mp_script_post_header]
Brasil247

A Tarde

Depois de um primeiro semestre de baixa atividade econômica e expectativas frustradas, os empresários baianos esperam uma retomada gradual do nível de confiança no mercado, o que poderá gerar reflexos no próximo ano. Nos primeiros sete meses do ano, a expectativa de crescimento do Produto Interno Bruto (PIB) ” soma de todas as riquezas da economia brasileira ” decresceu de 3,26% para 2,24%.

Os dados são do Boletim Focus do Banco Central ” documento que reúne as projeções do mercado para os principais índices econômicos do País.

A retomada de uma política de controle inflacionário, a perspectiva de concessões no segmento da infraestrutura e a abertura de canais de interlocução com o empresariado deram uma lufada de um “otimismo moderado” por parte do mercado.

Os empresários, contudo, são unânimes em afirmar que ainda são necessários ajustes e uma ação mais efetiva da equipe econômica do governo para garantir a retomada dos investimentos e, consequentemente, do crescimento econômico. Eles destacam que o baixo crescimento registrado desde 2011 é resultado não só do cenário internacional, mas também da condução interna da política econômica.

Presidente do Grupo de Líderes Empresariais (Lide), o empresário João Dória Jr. prevê um segundo semestre melhor, “mas ainda nada brilhante”. Ele destaca a necessidade de uma maior mobilização do poder público e do empresariado para garantir uma retomada mais firme. “O governo entendeu que precisa se comunicar e interagir mais. As ruas disseram isso. Porém, é preciso reduzir o grau de promessa e investir mais em medidas práticas”.



Talvez você também goste