24°C 19°C

São Paulo, SP

22°C 16°C

Curitiba, PR

28°C 18°C

Belo Horizonte, MG

31°C 22°C

Rio de Janeiro, RJ

28°C 17°C

Porto Alegre, RS

35°C 24°C

Salvador, BA

Segunda-feira, 25 de Fevereiro de 2019 - 15h00

Morre em São Paulo o jornalista Roberto Avallone

Agência Brasil

Foto: Reprodução/Twitter

 

O jornalista e apresentador Roberto Avallone morreu nessa segunda-feira (25), aos 72 anos, em São Paulo, no Hospital Santa Catarina. Ainda não foi informada a causa da morte. Ele teria passado mal durante a madrugada e levado ao hospital, mas não resistiu.

 

Avallone nasceu em 1947 e começou a carreira em 1966, no jornal Última Hora. Trabalhou também no Jornal da Tarde e em diversas rádios como Jovem Pan, Eldorado e Bandeirantes.

 

Em seu blog no Uol, Avallone dizia ser jornalista esportivo há mais de 45 anos. “Primeiro o jornal, depois o rádio; mais tarde a TV. E finalmente, a tal da internet. Troquei a velha Remington - de som marcante e inspirador - pelo mouse e teclado. Seja qual for o meio, seja qual for o ano corrente, lá estarei eu falando sobre minha grande paixão: o futebol. Tem gente que gosta do que faz. Eu faço o que gosto”, escreveu.

 

Avallone também foi apresentador do programa Mesa Redonda, da TV Gazeta, onde ficou conhecido por bordões como “no pique” e “exclamação”.

 

O Palmeiras, clube para o qual Avallone torcia, fez uma homenagem a ele em seu Twitter. “A Sociedade Esportiva Palmeiras lamenta o falecimento de Roberto Avallone e deseja força aos amigos e familiares do jornalista palmeirense”.

 

Fonte: Agência Brasil



publicidade:

publicidade:

publicidade: