Economia & Política Notícias

Índice de famílias paulistanas endividadas cai em agosto

[mp_script_post_header]

Fernanda Cruz
Repórter da Agência Brasil

São Paulo – O índice de famílias endividadas na capital paulista ficou em 52,6% no mês de agosto, uma queda de 4,4 pontos percentuais na comparação com julho. Em relação ao mesmo período do ano passado, quando o índice havia ficado em 53,5%, houve queda de 0,9 pontos percentuais.

Os dados apresentados pela Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de São Paulo (FecomercioSP) mostram ainda que, em números absolutos, 1,88 milhão de famílias estavam endividadas em agosto, contra 2,04 milhões em julho. No comparativo anual, a redução foi 31 mil famílias, já que em agosto de 2012 somou 1,91 milhão.

Segundo a pesquisa, cerca de 245 mil famílias paulistanas acreditam que não conseguirão pagar total ou parcialmente as contas. Os grupos mais endividados foram os de renda mais baixa. Nas famílias que ganham até dez salários mínimos, o percentual de endividamento foi 56,3%, uma queda de 2,9 pontos porcentuais em relação a julho. As famílias que recebem acima dessa faixa tiveram endividamento de 42%, redução de de 8,4 pontos porcentuais em relação ao mês anterior.

O tipo de dívida mais comum foi a do cartão de crédito, forma de pagamento utilizada por 70,2% das famílias analisadas. Em seguida, ficaram os carnês (18,2%), o financiamento de carro (15,6%), crédito pessoal (15,1%), financiamento de casa (9,2%) e cheque especial (8,4%).

Edição: Graça Adjuto

Todo o conteúdo deste site está publicado sob a Licença Creative Commons Atribuição 3.0 Brasil. Para reproduzir o material é necessário apenas dar crédito à Agência Brasil


Talvez você também goste