27°C 20°C

São Paulo, SP

26°C 17°C

Curitiba, PR

27°C 20°C

Belo Horizonte, MG

30°C 21°C

Rio de Janeiro, RJ

28°C 17°C

Porto Alegre, RS

31°C 23°C

Salvador, BA

Quarta-feira, 08 de Agosto de 2012 - 15h48

Moçambique cresce 7,3% no primeiro semestre do ano

Brasil 247
Divulgação
Agência Brasil - O Ministério da Planificação e Desenvolvimento de Moçambique divulgou que a economia do país cresceu 7,3% no primeiro semestre de 2012 " bem acima da média mundial prevista pela Organização das Nações Unidas (ONU) para o ano, de 2,5%. O resultado moçambicano, porém, ficou abaixo da previsão do próprio governo para o período, que era  8,3%, mas acima da projeção do Fundo Monetário Internacional (FMI), de 6,7%.

As principais causas do bom desempenho da economia moçambicana foram os investimentos em recuperação de infraestrutura do setor elétrico e de transporte e os resultados da mineração no país, principalmente o desempenho na extração de carvão na província de Tete, feita majoritariamente pela multinacional brasileira Vale.

Com os novos investimentos no setor anunciados para o segundo semestre, a expectativa do governo é de que a taxa de crescimento da economia seja ainda mais alta que a dos primeiros seis meses do ano.

O governo moçambicano também divulgou que as reservas internacionais do país passaram de US$ 2,26 bilhões, em junho do ano passado, para US$ 2,44 bilhões, no mesmo mês deste ano.

O ministro da Planificação e Desenvolvimento, Aiuba Cuereneia, comemorou os bons resultados. "A nossa economia está conseguindo combater as externalidades que lhe aparecem, principalmente no que diz respeito à crise na zona do euro. A economia moçambicana consegue fazer frente a esta crise, aumentando a sua produção interna."

publicidade:

publicidade:

publicidade: