Mundo Notícias

Obama pedirá ao Congresso R$ 8 bilhões para combate ao EI

[mp_script_post_header]


O presidente Barack Obama pedirá nesta sexta-feira (7), aos legisladores americanos 3,2 bilhões de dólares (R$ 8 bilhões) para combater o grupo jihadista Estado Islâmico (EI) no Iraque e na Síria, informaram à AFP funcionários da Defesa.

A verba ajudará a cobrir o custo da campanha aérea dos Estados Unidos contra os jihadistas e a assistência – em treinamento e armas – às tropas iraquianas e às forças curdas que combatem o EI.

O dinheiro também custeará os cerca de 600 conselheiros militares que trabalham com iraquianos e curdos em Bagdá e Erbil, assim como outros 800 homens que protegem a embaixada dos Estados Unidos e o aeroporto em Bagdá.

A decisão de Obama permitirá ao Congresso debater a estratégia do presidente para enfrentar o EI, em meio às críticas de legisladores de todo o espectro político pela administração da crise.

Em junho, o governo solicitou 58,6 bilhões de dólares (cerca de R$ 150 bi) para operações de guerra no ano fiscal em curso, que começou em 1° de outubro.


Talvez você também goste