23°C 14°C

São Paulo, SP

21°C 9°C

Curitiba, PR

24°C 14°C

Belo Horizonte, MG

26°C 16°C

Rio de Janeiro, RJ

27°C 13°C

Porto Alegre, RS

28°C 22°C

Salvador, BA

Terça-feira, 27 de Dezembro de 2016 - 10h50

Nutricionista dá dicas detox pós-ceias de Natal e Réveillon

Redação Mundo Positivo

 

As palavras “festa” e “dieta” raramente se combinam na mesma frase. De modo geral, as usamos apenas quando queremos mostrar o quanto é difícil manter a compostura para não cair na tentação diante de tanta fartura nesses meses festivos que são dezembro e janeiro. É o que revela a nutricionista Maria Cristina Câmara, do Hapvida Saúde.

 

“Recomendo dar preferência às saladas e não exagerar nas carnes, mesmo as brancas, devido à quantidade de temperos industrializados que podem conter”, orienta a especialista. “Mas as refeições típicas de Natal e Réveillon não são repletas de comidas inimigas da saúde e da dieta. Alimentos como castanhas, nozes, amêndoas, queijos brancos, azeitonas e frutas secas costumam marcar presença na ceia e são ótimas pedidas”, completa.

 

Para a nutricionista, é importante é ficar de olho no exagero. “A quantidade certa é o equilíbrio. Comer com moderação permite que você passe por todas as festas sem grandes prejuízos ao corpo”, indica Maria Cristina, que também sugere não repetir o prato, por mais saborosa que a comida esteja.

 

Contudo, para quem não conseguiu optar pelas comidinhas mais saudáveis, a recomendação é segurar um pouco os exageros nas primeiras semanas do ano, e voltar para a prática de exercícios, que mesmo em ritmo reduzido, mantém o metabolismo do corpo harmônico, aumenta a resistência e reforça a imunidade. Além disso, é importante ingerir bastante água, chás e sucos para desintoxicar, pois alguns alimentos são ricos em sódio ocasionando a retenção de líquidos.

 

A nutricionista explica que alguns alimentos e bebidas podem ajudar no processo de desintoxicação pós-ceia. “O fígado é o órgão responsável por eliminar as toxinas do corpo e alguns alimentos podem ajudar no processo de desintoxicação. Dentre eles, recomendo o consumo de chá verde, maçã, gengibre, brócolis, couve, limão, aspargo, alho e dente-de-leão”, diz.

 

Já para aqueles que passaram muito da conta, perdendo os limites na hora dos drinks e das taças de vinho ou champanhe, a nutricionista corta as esperanças daqueles que acreditam que uma ressaca se cura com outra. “Para ‘curar’ uma ressaca o melhor é tentar repor o que o organismo perdeu. Primeiro, ingerir bastante água, já que a maioria das bebidas alcoólicas é, também, diurética. Outra dica é comer alimentos ricos em potássio, como a banana, pois este nutriente é fundamental e a falta dele leva a problemas musculares e no sistema nervoso. A frutose, açúcar encontrado nas frutas, é muito boa também, pois acelera o processamento do álcool pelo corpo e ajuda a repor energia”, destaca Maria Cristina.

publicidade:

publicidade:

publicidade: