23°C 14°C

São Paulo, SP

21°C 9°C

Curitiba, PR

24°C 14°C

Belo Horizonte, MG

26°C 16°C

Rio de Janeiro, RJ

27°C 13°C

Porto Alegre, RS

28°C 22°C

Salvador, BA

Terça-feira, 29 de Novembro de 2016 - 16h32

Aprenda a identificar uma imagem com vírus no Facebook

Publieditorial

Foto: Mundo Positivo

 

O título de maior rede social do mundo continua imbatível! Se em 2015, o Facebook teve a façanha de bater a marca de 1 bilhão de usuários únicos, até o mês de outubro deste ano, a criação de Mark Zuckerberger registrou a soma de 1,60 bilhão de usuários. As informações são do portal Statista, o qual é responsável por mensurar dados da internet.

 

O problema de ter tanto destaque é que a mídia social passa a atrair olhares de criminosos online. O próprio Facebook estipula que, por dia, o site sofre cerca de 600 mil invasões. Além disso, quase 10% das contas criadas na rede são falsas. E um dos perigos mais comuns é o compartilhamento de imagens acompanhadas de links infectados com vírus.

 

LEIA MAIS

Como escapar de aplicativos falsos
Os 10 maiores mitos sobre vírus de computador
Saiba como fazer uma varredura online em seu computador
O que fazer quando um cibercriminoso roubar suas informações pessoais

 

Como reconhecê-los?

A tática usada pelos hackers é simples: um link é publicado junto a uma foto com um trecho quadriculado, o qual é usado para camuflar algo proibido. Normalmente, os temas abordados são sensacionalistas e envolvem traições, pornografia e até mesmo cenas de animais fofos e propagandas de serviços e produtos desconhecidos do mercado.

 

Normalmente, esta falha faz com que a pessoa, já infectada, envie uma notificação para seus amigos acompanhada de um “link suspeito”. Ao clicar nele, o usuário é encaminhado para um programa no qual a vítima precisa realizar um download. Ao fazê-lo, ela é automaticamente infectada por um vírus que passa a enviar novas notificações de mensagens para os demais contatos do Facebook. No caso de celulares, a infecção é feita apenas para quem possui sistema operacional Android.

 

O que fazer?

Em caso de ser "premiado" pela praga digital, desinstale o aplicativo baixado, faça uma varredura pelo antivírus e, troque a senha de seu perfil pessoal do Facebook.

 

Foto: Mundo Positivo

 

Três dicas para manter o Facebook livre de perigos:

 

1. Remova os aplicativos

Acesse sua conta do Facebook, clique em “Configurações”, “Provacidade” e verifique todos os aplicativos instalados. Se perceber algum estranho, remova-o imediatamente. Para isto, basta clicar no "x" do lado direito dos apps.

 

2. Remova as extensões e plugins

Outra maneira de ser infectado por vírus no Facebook é a partir de extensões e plugins no navegador. Verifique se existe alguma extensão que você não conhece e a desative imediatamente (se houver algum, ele estará na mesma área de configuração dos aplicativos).

 

3. Opções de segurança

Acesse “Configurações”, “Segurança” e deixe sua conta ainda mais protegida com senhas extras, notificações no celular e e-mail, para caso alguém invadir o seu perfil por meio de um dispositivo ou navegador desconhecido do seu.

 

Gostou da matéria? Siga a McAfee no Twitter e fique sempre por dentro das dicas de segurança digital

 

Quer saber mais sobre segurança na internet? A McAfee, maior empresa especialista em tecnologia de segurança do mundo, tem dicas e soluções que ajudam a proteger os consumidores e as empresas de todos os tamanhos contra os malwares e as ameaças online mais recentes. Para mais informações, acesse o site: http://www.mcafee.com/br.


publicidade:

publicidade:

publicidade: