23°C 13°C

São Paulo, SP

20°C 7°C

Curitiba, PR

23°C 11°C

Belo Horizonte, MG

26°C 12°C

Rio de Janeiro, RJ

26°C 11°C

Porto Alegre, RS

27°C 22°C

Salvador, BA

Segunda-feira, 27 de Março de 2017 - 17h48

Sequestro do número de telefone pode comprometer vida digital

Publieditorial

Foto: Mundo Positivo

 

Em fevereiro deste ano, o programa jornalístico Fantástico expôs um novo golpe do WhatsApp, o qual vem dado muita dor de cabeça aos usuários de plantão. O dominical revelou que funcionários de operadoras de telefonia têm recebido propina de cibercriminosos para repassarem o número de clientes a outros chips para, assim, os hackers sequestrarem o número dos aparelhos e pedirem dinheiro a parentes e amigos das vítimas.

 

LEIA MAIS

+ Como identificar se um site é falso
+ Golpe do vale-presente ataca WhatsApp
+ Pesquisador descobre como andar de graça pelo Uber
+ 'Vírus de propaganda' é o mais novo inimigo de usuários Android

 

O problema deste golpe é que o número repassado afeta toda a vida digital das pessoas. Como boa parte dos aplicativos, redes sociais, e-mails e demais sites, hoje, dependem do número de telefone para confirmar senhas ou redefini-las, os criminosos online poderão comprometer qualquer uma dessas contas da web.

 

Os serviços os quais não dependem do envio de SMS para confirmação, implicam no famoso “e-mail de recuperação”. Contudo, esta opção também complica, porque alguns e-mails dependem de mensagens de texto para serem recuperados. Logo, a perda do número pessoal pode acarretar no “fim” da vida digital.

 

O que fazer se isso acontecer?

Infelizmente, identificar um hacker o qual utiliza o seu número em outro chip é como encontrar uma agulha no palheiro. Por isso, é importante manter um antivírus instalado em dispositivos móveis para evitar possíveis invasores e infecções de vírus.

 

Caso esta transferência clandestina seja efetuada por alguém de sua operadora, entre em contato imediatamente com ela. Avise que você tornou-se vítima deste golpe. Aproveite para falar com as redes sociais e portais no geral, por e-mail ou telefone, para solicitar o cancelamento de suas atividades online.

 

Por fim, restará apenas começar de novo, tanto com um número de celular quanto na vida digital. 

 

Foto: Mundo Positivo

 

Gostou da matéria? Siga a McAfee no Twitter e fique sempre por dentro das dicas de segurança digital

 

Quer saber mais sobre segurança na internet? A McAfee, maior empresa especialista em tecnologia de segurança do mundo, tem dicas e soluções que ajudam a proteger os consumidores e as empresas de todos os tamanhos contra os malwares e as ameaças online mais recentes. Para mais informações, acesse o site: http://www.mcafee.com/br.


publicidade:

publicidade:

publicidade: