30°C 16°C

São Paulo, SP

28°C 14°C

Curitiba, PR

27°C 16°C

Belo Horizonte, MG

34°C 16°C

Rio de Janeiro, RJ

34°C 18°C

Porto Alegre, RS

30°C 26°C

Salvador, BA

Segunda-feira, 19 de Março de 2018 - 18h40

Saiba como proteger o número do seu CPF na internet

Publieditorial

Foto: Reprodução/Divulgação

 

Sabe o que as pessoas têm de importante, tanto dentro quanto fora, do universo online? Simples: o nome.

 

Um dos erros mais básicos – e isca perfeita para cibercriminosos – é informar o número do Cadastro de Pessoa Física (CPF) quando solicitado, sem ao menos ir atrás para investigar se a página requerida é segura.

 

Para se ter ideia, dados divulgados pela Serasa Experian, em outubro de 2017, apontam que a cada 16,8 segundos, uma tentativa de fraude no Brasil é aplicada. Além disso, entre os meses de janeiro e maio do ano passado, o país acumulou 782.24 tentativas de golpes.

 

LEIA MAIS

WhatsApp terá ferramenta de alerta de spam
+ Loapi: o vírus com poder de acabar com o seu celular

Qual é o principal vírus de computador e celular do Brasil?
Cinco celebridades que foram vítimas de ataques na internet
Segurança em família: Facebook cria opção de 'conversa para crianças'

 

Cuidado onde clica

Hábitos como clicar em links desconhecidos enviados por e-mail, redes sociais e WhatsApp; informar CPF para ter acesso a alguma informação ou concorrer a prêmios; inserir o número para efetuar compras e assinaturas de serviços; ou para receber o horóscopo do dia, podem resultar em problemas, os quais vão muito além do nome sujo na praça.

 

Para manter o seu CPF seguro:

1. Faça uma pesquisa de 20 em 20 dias no site da Serasa Experian ou Boa Vista SCPC, para evitar problema de cadastro de inadimplência;

2. Utilize apenas sites confiáveis na internet e não digite seu CPF por qualquer motivo;

3. Não repasse dados pessoais e cópias de documentos por e-mail e WhatsApp;

4. Ao fazer uma transição financeira, verifique se há antivírus instalado no seu PC e/ou dispositivo móvel, e se a página online ou do aplicativo usados são oficiais;

5. Ao acessar a área de compras, redes sociais e e-mail em um computador que não é seu, não se esqueça de clicar no botão “sair”;

6. Se cair em algum golpe, faça um boletim de ocorrência imediatamente e avise à central de proteção ao crédito.

 

Foto: Reprodução/Divulgação

 

Tem alguma dúvida sobre segurança digital? Envie-nos um e-mail para: [email protected]

 

Quer saber mais sobre segurança na internet? A McAfee, maior empresa especialista em tecnologia de segurança do mundo, tem dicas e soluções que ajudam a proteger os consumidores e as empresas de todos os tamanhos contra os malwares e as ameaças online mais recentes. Para mais informações, acesse o site: http://www.mcafee.com/br.




publicidade:

publicidade:

publicidade: