Ciência & Tecnologia Tecnologia

Agência de notícias AP usa 'robôs' para publicar matérias

[mp_script_post_header]

A agência de notícias Associated Press (AP) está usando “robôs” para escrever notícias. Segundo o site The Verge, o sistema automatizado “AP Style Guide” funciona desde julho de 2014 e publica três mil matérias a cada quadrimestre. O uso do “robozinho” é volatdo à publicação de notícias monótonas, mais “burocráticas” e estressantes de escrever, que precisam de velocidade, como relatórios financeiros de empresas.

O sistema foi criado em uma parceria entre a AP e a Automated Insights (AI) e utiliza a plataforma Wordsmith. A ideia é que as pessoas não percebam a diferença, exceto pela informação inserida ao fim de cada matéria: “Matéria foi criada pelo Automated Insights”.

De acordo como o gerente de relações públicas da AI, James Kotecki, milhões de notícias são publicadas semanalmente no Wordsmith. Outros parceiros como Allstate, Comcast e Yahoo também usam o sistema para atualizar jogos de “fantasy football” (ligas de fantasia de esportes). O sistema por produzir até dois mil artigos por segundo, disse o executivo.

No começo, existia ceticismo por parte da equipe da AP, afirma a editora-assistente de negócios, Philana Patterson. As histórias de repórteres eram enviadas ao AI para adicionar e corrigir dados.

Depois do primeiro quadrimestre, o sistema tornou-se automatizado por completo – sem interferência humana – e aumentou a cobertura econômica de empresas de 300 para 3 mil. Dessas empresas, 120 ainda têm o “toque humano”, por adicionar atualizações ou falas de entrevistados; e dez são publicadas apenas por humanos, por serem consideradas importantes.

Tanto a AI como a AP disseram que nenhum jornalista perdeu o emprego para o “robô”. Philana afirma também que a entrada no sistema permite uma melhoria no conteúdo jornalístico, dando espaço para o profissional fazer mais matérias “inteligentes e interessantes”.


Talvez você também goste