Ciência & Tecnologia Tecnologia

Descartar ou doar? No Dia da Terra, preocupação com e-lixo aumenta

No dia 22 de abril, comemora-se globalmente o Dia da Terra e muitas pessoas procuram por diferentes maneiras para contribuir com o meio ambiente. Com o avanço da tecnologia, a preocupação sobre o futuro do Planeta só aumenta e é preciso saber como descartar o lixo eletrônico corretamente. De acordo com o relatório da Plataforma para Aceleração da Economia Circular (PACE) e da Coalizão das Nações Unidas sobre Lixo Eletrônico, o nível de produção de lixo eletrônico global deverá alcançar 120 milhões de toneladas ao ano em 2050.

Além disso, o valor anual de e-lixo (lixo eletrônico) global é superior a 62,5 bilhões de dólares – índice maior que o PIB de muitos países. Foram mais de 44 milhões de toneladas de lixo eletrônico e elétrico produzidas globalmente em 2017 – equivalente a mais de 6 quilos para cada habitante do planeta. “Como a tecnologia sempre avança, constantemente alguns modelos de smartphones, por exemplo, se tornam ultrapassados e, com isso, muitos usuários decidem comprar outros e deixam o antigo no armário, quando podem doá-lo ou descartá-lo”, explica Fabio Assolini, analista sênior de segurança da Kaspersky Lab. “A grande preocupação com os dispositivos que não são manuseados adequadamente ou não são reciclados é que eles geram uma quantidade significativa de poluentes ao meio ambiente e também para nós. Sendo assim, é preciso procurar por centros de reciclagem especializados nesse descarte e até mesmo pensar na possibilidade de doá-los, mas sem esquecer de apagar todos os seus dados pessoais contidos no aparelho”, complementa.

Preocupada com a situação do meio ambiente e com a forma como os usuários esquecem de apagar suas informações dos dispositivos, a Kaspersky Lab lista as seguintes dicas que ajudarão os usuários a apagarem seus dados de todos os seus dispositivos eletrônicos antes de reciclá-los ou doá-los:

• Salve seus dados com segurança: É importante fazer uma cópia de backup de todos os arquivos que você deseja manter antes de formatar o dispositivo. Alguns dispositivos chegam até a sincronizar automaticamente os dados na nuvem, portanto, contatos, fotos e outras informações devem ser encontrados em nossas contas do Google/Apple;
• Exclua sua impressão digital: Não é suficiente excluir arquivos e pastas pessoais no seu PC na seção “Meus documentos”. Você também deve excluir favoritos, senhas, cookies e histórico de navegação, bem como contas de e-mail e serviços de mensagens instantâneas presentes em aplicativos como o Outlook, Skype e afins;
• Remova cartões SIM: É essencial remover fisicamente todos os cartões contendo dados;
• Exclua corretamente: Não é suficiente colocar todos os documentos em seu PC na lixeira e pressionar o botão “Esvaziar a lixeira” para excluir permanentemente todos os arquivos. O mais apropriado é usar uma ferramenta confiável projetada para a eliminação permanente dessas informações, como o arquivo “Shredder” que está incluído no dispositivo múltiplo do Kaspersky Total Security. Este processo é chamado de “Saneamento” ou “Wipping”;
• Restaure o dispositivo móvel às configurações de fábrica: No manual de instruções, você certamente descobrirá como executar esse passo. Você deve selecionar todas as opções para excluir informações (incluindo arquivos armazenados) e confirmar. Você pode também usar um aplicativo de segurança, como o Kaspersky Internet Security para Android, que contém opções que ajudarão a restaurar o dispositivo para as configurações de fábrica, permitindo a remoção de dados remotamente do seu dispositivo, em caso de perda.
• Recicle os equipamentos: Muitas organizações prestam este tipo de serviço em cada região e a Sucata Digital, que auxilia tanto usuários domésticos quanto empresas que não sabem muito bem onde descartarem seu lixo eletrônico, atendem em todo o Brasil.

Leave a Comment

Your email address will not be published.


Talvez você também goste