Ciência & Tecnologia Tecnologia

“Este celular foi infectado”, e agora?

Foto: Reprodução/Divulgação

Entre uma navegação e outra, às vezes, uma mensagem surge inesperadamente na tela do usuário: “Este celular foi infectado”.

Em meio ao susto, o que se deve fazer?


LEIA MAIS

+ Cinco dicas para identificar um site falso
+ Mulher é vítima de agência de empréstimos online
+ 3 tipos de aplicativos que podem vir com vírus junto
+ Hackers usam Bolsonaro para roubar dinheiro de vítimas

Tem quem esqueça que há antivírus instalado no aparelho; como também tem aquele que arremessa o dispositivo longe com medo que o vírus seja de verdade. Porém, na maior parte dos casos, a vítima fica tão nervosa que clica no recado ameaçador.

Mas isso é um golpe?

Na verdade, são anúncios cujo propósito é usar de má fé e enganar as pessoas.

Devido a sensação de ‘ter feito algo de errado’, o clique na peça faz com que sejam baixados aplicativos e até mesmo programas maliciosos.

No intuito de ‘pegar o usuário no susto’, o recado é usado para invadir o celular e roubar informações pessoais do dono.

Por isso, ao se deparar com este aviso, apenas o ignore.

Foto: Reprodução/Divulgação

Tem alguma dúvida sobre segurança digital? Envie-nos um e-mail para: [email protected]

Quer saber mais sobre segurança na internet? A McAfee, maior empresa especialista em tecnologia de segurança do mundo, tem dicas e soluções que ajudam a proteger os consumidores e as empresas de todos os tamanhos contra os malwares e as ameaças online mais recentes. Para mais informações, acesse o site: http://www.mcafee.com/br.


Talvez você também goste