Ciência & Tecnologia Tecnologia

Não entre em pânico! Saiba como fazer o WhatsApp funcionar

Desde antes da meia-noite de quarta para quinta-feira (17), os brasileiros foram pegos de surpresa com o bloqueio do WhatsApp. Durante à tarde do dia 16, o Tribunal de Justiça de São Paulo (TJ-SP) havia confirmado a decisão de suspensão do uso do aplicativo por 48 horas, por determinação da 1ª Vara Criminal de São Bernardo do Campo, no ABC Paulista. Entretanto, temos um jeitinho para fazê-lo funcionar.

Por meio de aplicativos de VPN (Virtual Private Network – Rede Privada Virtual), o seu aparelho funciona como estivesse conectado em outro país e, por isso, é possível voltara usar o WhatsApp no 3G, 4G ou mesmo Wi-Fi.

LEIA MAIS

+ Como recuperar mensagens apagadas do WhatsApp
+ O WhatsApp parou? Veja o que fazer quando acontecer o erro

Primeiro, faça o download do Betternet: Unlimited Free VPN no seu celular. Após a intalação, abra-o. Ele está disponível tanto para sistema Android quanto iOS.

Em um segundo passo, o aplicativo abrirá uma tela de boas-vindas, na qual será preciso deslizar o seu dedo à direita, para clicar na opção “Let’s Go” (Android) ou “Connect” (iOS).

Depois, se o for solicitado alguma autorização de uso, basta permitir.

Aguarde a autenticação do aplicativo. Um alerta surgirá na parte superior de sua tela.

Por fim, quando o escudo ficar “azul sorridente” (um desenho sorrindo de cor azul), significará que o VPN estará conectado. Abra o WhatsApp e envie uma mensagem de teste a algum amigo.

Caso prefira utilizar WhatApp versão web, no computador, basta abrir o navegador Chrome e solicitar a extensão Betternet:Unlimited Free VPN, a qual também é gratuita. Instale e abra o endereço: web.whatsapp.com. Clique em cima da extensão, localizada no canto superior direito da página e aperte a opção “Connect”. Espere, abra e volte a conversar à vontade.

Alerta de uso

É importante ressaltar que o VPN funciona como uma rede particular dentro de uma de rede mundial, no caso, ele faz os seus dados salvos nos smartphones ou computadores passarem por um circuito desconhecido. Nele, o operador do VPN pode capturar todas as informações enviadas e recebidas no aparelho – mesmo aquelas armazenadas antes de tê-lo utilizado. Afinal, é preciso fornecer ao Android ou ao iOS permissões extras para instalação. Ou seja, o app pode monitorar tudo e obter qualquer dado do seu telefone.


Talvez você também goste