Mundo Notícias

Hillary pede defesa dos direitos de todos no Egito

Divulgação

Agência Brasil – No segundo dia de sua visita ao Egito, a secretária de Estado americana, Hillary Clinton, se reuniu com o líder militar do país, o marechal Mohamad Hussein Tantawi. Hillary discutiu com ele a transição do poder para o novo presidente, Mohammed Mursi, com quem ela se reuniu no dia anterior, e destacou a importância de defender os direitos de todos os cidadãos egípcios.

“A secretária destacou a importância de se proteger os direitos de todos os egípcios, incluindo mulheres e minorias”, disse um alto funcionário do Departamento de Estado. O presidente Mursi e os militares divergem sobre a dissolução do parlamento egípcio, no mês passado.

Em frente ao hotel que hospeda Hillary Clinton, dezenas de egípcios protestaram contra Mursi e a ajuda militar norte-americana ao país sob sua presidência com palavras de ordem como: “Não queremos que o Hamas governe o Egito”.

Um alto funcionário do departamento de Estado americano afirmou que durante o encontro, a secretária discutiu também a transição política e a necessidade de diálogo com o presidente Mursi.

Depois do encontro com o marechal e outros líderes militares, Hillary vai participar de reuniões na segunda maior cidade do Egito, Alexandria, considerada um reduto da Irmandade Muçulmana. Na agenda, estão encontros com líderes mulheres, com a comunidade cristã da Igreja Ortodoxa Copta e com jovens empresários. De lá, ela partirá para Israel.


Talvez você também goste