32°C 18°C

São Paulo, SP

30°C 16°C

Curitiba, PR

29°C 17°C

Belo Horizonte, MG

36°C 17°C

Rio de Janeiro, RJ

37°C 20°C

Porto Alegre, RS

30°C 25°C

Salvador, BA

Quinta-feira, 29 de Novembro de 2018 - 17h57

Saúde animal: 7 dicas para proteger seu pet dos dias quentes

Redação Mundo Positivo

Foto: Reprodução/Divulgação

 

Com a alta da temperatura, aumenta o risco de golpe de calor, também conhecido como intermação ou insolação, nos bichinhos de estimação. 

 

A reação ocorre quando a temperatura corporal sobe bruscamente e o organismo é incapaz de compensá-la. Ao ultrapassa os 42°C, geralmente surgem os sintomas. Cansaço fácil, língua roxa (cianose), dificuldade para andar, andar cambaleante ou até mesmo parar de andar são os primeiros sinais. O pet fica com a respiração muito ofegante e acelerada. Também pode cambalear, ter convulsões e, até mesmo, perder a consciência. Além de vômitos e diarreia.

 

O que fazer

“É uma emergência médica que necessita de uma intervenção imediata, para diminuir a temperatura corporal, como um banho com água a 20°C ou aplicar gelo nas virilhas e axilas e, de imediato, levar ao pronto atendimento veterinário, onde serão feitas outras manobras emergenciais”, orienta a veterinária Karina Mussolino, gerente técnica de clínicas da Petz.


7 dicas para os pets enfrentarem o calor:


1. Hidratação

Deixe a água sempre fresca e disponível para os pets. Durante os passeios, leve cantil ou use os bebedouros de parques e lojas mais vezes.

2. Passeios

Os melhores horários são antes das 10h e depois das 16h. De preferência, longe do asfalto quente, que pode causar queimaduras sérias nos coxins, as “almofadinhas” das patinhas dos pets. 

3. Borrifar água

Ao notar que o bichinho está ofegante, é importante levar a um local fresco, oferecer água, borrifar um pouco dela pelo corpo do cão.

4. Ar fresco

Nunca deixe os pets em locais trancados e abafados sem circulação de ar, como por exemplo fechados dentro do carro.

5. Exercícios

Evite caminhadas longas e exercícios intensos nos dias de muito calor.

6. No carro

Durante as viagens, deixe o ar-condicionado ligado ou as janelas abertas. Faça pausas para o pet tomar água, descansar e ficar na sombra. 

7. Ao ar livre

Para os pets que ficam muito tempo sozinhos no quintal ou na varanda, é importante manter um local fresco, onde não bata sol, para que possam se proteger do calor.



publicidade:

publicidade:

publicidade: