24°C 19°C

São Paulo, SP

20°C 16°C

Curitiba, PR

24°C 19°C

Belo Horizonte, MG

30°C 21°C

Rio de Janeiro, RJ

30°C 20°C

Porto Alegre, RS

31°C 25°C

Salvador, BA

Quinta-feira, 24 de Janeiro de 2019 - 18h57

Conheças os benefícios de fazer exercícios físicos durante a gestação

Redação Mundo Positivo

Foto: Reprodução/Divulgação

 

Quem engravida e é sedentária tem um bom motivo para começar a praticar uma atividade física: o exercício na gestação previne o diabetes, o ganho excessivo de peso e aumenta a disposição, porque aumenta a serotonina, hormônio ligado ao prazer. E quem já pratica uma atividade nem pode pensar em pará-la!

 

Gravidez não é doença: ao contrário, é um momento de saúde plena da mulher. E, para que esse momento perdure, é imprescindível que ela pratique atividade física regularmente, durante toda a gestação. “A gestante deve consultar seu obstetra e, estando com a saúde em dia, ela pode praticar atividades a partir do primeiro ultrasson morfológico, com 12 semanas de gestação”, aconselha a Dra. Mariana Rosario, ginecologista, obstetra e mastologista.

 

Para ela, é fundamental que todas as gestantes – salvo exceções, como aquelas que têm placenta prévia, problemas osteoarticulares ou risco de parto prematuro – tenham práticas físicas constantes, para evitar-se o diabetes gestacional, o ganho de peso excessivo e aumentar-se a disposição geral. A prática de atividade física também pode prevenir contra a eclampsia, uma complicação relacionada à hipertensão arterial que pode levar à morte da gestante.

 

Musculação, caminhada, ioga, pilates, bicicleta, corrida, zumba e dança, entre outras atividades, estão entre as mais indicadas para as gestantes – todas elas orientadas por profissionais especializados em gestantes. “É importante que a mulher grávida seja acompanhada em seu pré-natal, pelo obstetra, e por um profissional de Educação Física especializado em gestante. Não é aconselhável que ela exagere, é claro, mas é imprescindível que as sedentárias aproveitem esse período para começarem uma atividade, devagar, e as que já a praticam não a abandonem”, aconselha.

 

No consultório, Mariana diz que incentiva suas pacientes a procurar o prazer de cuidar do corpo na gravidez, porque presencia muitas mulheres sem estímulo de criar novos hábitos. “Vejo que há desculpas para não realizarem exercício físico na gestação, mas, este é um período em que se gasta muita energia e é necessário ter disposição para chegar à 40ª semana bem. A atividade física aumenta a serotonina e dá prazer, então, a sensação física é muito boa, só faz bem”, garante.

 

O ideal, segundo a médica, é que a prática seja realizada ao menos três vezes por semana, com duração de uma hora por dia. “Mais não fará mal, mas, nunca se pode esquecer do acompanhamento profissional. Com a atividade física, será muito mais fácil retomar a condição corpórea anterior à gestação após o parto”, finaliza.



publicidade:

publicidade:

publicidade: