32°C 19°C

São Paulo, SP

30°C 15°C

Curitiba, PR

30°C 19°C

Belo Horizonte, MG

37°C 21°C

Rio de Janeiro, RJ

34°C 21°C

Porto Alegre, RS

34°C 26°C

Salvador, BA

Segunda-feira, 11 de Fevereiro de 2019 - 17h56

App do Nubank enfrenta instabilidade e fica fora do ar nesta segunda-feira

Canaltech

 

O aplicativo da fintech brasileira Nubank enfrentou instabilidades na manhã desta segunda-feira. Com isso, clientes ficaram impossibilitados de realizar transações e acessar outros serviços do banco 100% digital – sem agências, todas as ações e solicitações devem ser realizadas online. O problema foi normalizado pela empresa no início desta tarde.

 

Segundo o site Down Detector, as falhas do aplicativo começaram a ser relatadas às 9h25. As reclamações atingiram o pico por volta das 12h, quando foram registradas 348 notificações.

 

 

Nas redes sociais, usuários reclamavam da dificuldade em concluir transações no aplicativo. Outros recebiam mensagens avisando que não estavam conectados à internet.

 

 

 

 

Durante a manhã, a Nubank informou aos clientes que estava trabalhando para resolver o problema o mais rápido possível. A empresa também disponibilizou um link para casos de emergência.

 

 

Procurada pelo Canaltech, a Nubank disse que a situação já foi 100% normalizada. "Na parte da manhã, alguns clientes encontraram instabilidades para acessar funções do nosso aplicativo. Caso ainda encontrem alguma dificuldade em realizar algum procedimento, os clientes podem entrar em contato com o nosso time de atendimento via chat, e-mail ou telefone (0800 591 2117)", disse a empresa em nota de posicionamento.

 

Os problemas no aplicativo acontecem no mesmo dia que o banco digital começa a testar seu novo serviço de empréstimos pessoais para clientes com NuConta. Por enquanto, a opção estará presente para apenas 600 mil clientes e tem como objetivo operar com taxas de juros mais baratas do que as cobradas pelo mercado – assim como acontece com o cartão de crédito. A liberação do produto está sendo feita de forma gradual.

 

Fonte: Canaltech



publicidade:

publicidade:

publicidade: