Esportes Futebol

Jogador da NFL sofre lesão bizarra ao perseguir cãozinho


Lidar com lesões é uma constante na carreira de um jogador de futebol americano. Mas não da maneira como o jogador do Detroit Lions Joseph Fauria torceu seu tornozelo direito. Em vez de uma tackle violento, um passo em falso em uma corrida ou um voo para touchdown frustrado, o grandalhão de 120 kg se contundiu ao perseguir seu pequeno cãozinho. Sim, é isso mesmo. Ele mesmo conta como conseguiu a proeza.


“Ele ia urinar e eu falei, venha aqui seu pequeno. E eu estava perseguindo ele na escada. Não estava correndo, mas eu estava atrás dele e perdi o passo. E isso não acabou bem”, contou Fauria, que desfalcou os Lions na vitória sobre o New York Jets no ultimo domingo.

Mas, quem é este cãozinho travesso? É Lil’ Rufio, um filhote de husky siberiano com pomerânia de apenas três meses, ao qual Joseph Fauria pediu compaixão no Twitter em tom bom humorado. “Agora eu estou concentrado apenas em voltar para campo o mais rápido possível. Por favor, sem ameaças de morte para o Lil’ Rufio, ele é apenas um filhote”.

E aí, qual outra lesão bizarra te fez lembrar a história de Joseph Fauria e seu cãozinho? Lodeiro perdeu recentemente um jogo do Corinthians ao cortar o pé com uma saboneteira. Nem Mano Menezes segurou a risada.

E o espanhol Santiago Cañizares, que perdeu a Copa do Mundo de 1998 após deixar um frasco de perfume cair em seu pé? Pior o atacante Maurídes: três meses afastado do Inter ao romper ligamentos do joelho em um salto mortal durante a comemoração. Relembre outros…


Talvez você também goste