Esportes Futebol

Muricy quer ficar tranquilo até dezembro, mas não nega volta

Descansar e cuidar da saúde até dezembro. Mas, em momento algum, descartar voltar a treinar uma equipe antes desse prazo. Esse é o pensamento de Muricy Ramalho pouco mais de 20 dias depois de deixar o comando do São Paulo . O treinador retirou a vesícula e acompanha, desde então, o futebol do sofá de sua casa.

Em entrevista à Rádio Globo, o treinador falou da saudade do dia a dia do futebol: “A gente sente falta disso aqui,. Eu vejo o futebol o dia todo, de todo mundo. Meu pensamento é de ficar tranquilo até o fim do ano, e aí viajar um pouco, fazer alguma coisa fora, não sei. Vamos ver”, disse o treinador.

Muricy, porém, não descarta assumir algum clube antes do fim de 2015, mas rechaça a possibilidade de ‘cometer loucuras’, como voltar ao São Paulo em 2013. “Eu só voltei porque era o São Paulo e me pediram em casa. Mas tem aquilo do futebol, daqui a pouco começa o Brasileiro, os times começam a perder os jogos e começam a falar no meu nome, me convidam. A gente nunca sabe como vai ser, mas não quero pegar time no desespero não. Quero tentar alguma coisa mais planejada”, revelou Muricy.

Apesar dos esforços dos familiares para que se aposente, o treinador afirma que ainda tem o que mostrar para o futebol, mas não descarta mudar de função em um futuro. Para isso, entretanto, precisa estar preparado: “Eu acho que ainda tenho um tempo para trabalhar. No futuro eu penso em estudar e virar diretor técnico. É uma coisa que me agrada, mas que eu também preciso me preparar bastante para um cargo como esse. Quando e se alguém me convidar, preciso estar pronto. Saber como funciona”, finalizou.


Talvez você também goste