Esportes

Thiago Pereira encontra Phelps e elogia organização americana

[mp_script_post_header]

No dia que marcou a volta de Michael Phelps ao lugar mais alto do pódio após seu retorno às piscinas, um brasileiro foi coadjuvante. Thiago Pereira nadou a prova dos 100m borboleta, que consagrou o norte-americano, e ficou em quarto lugar. Representando o Sesi-SP, Thiago elogiou a organização norte-americana em mais uma etapa do Grand Prix nacional de natação, a de Charlotte. “É bem diferente do que a gente vê no Brasil. No Troféu Maria Lenk, por exemplo, teve prova com dificuldade de encher duas eliminatórias. Quando era mais novo, as competições eram mais constantes no Brasil. Nos Estados Unidos, os atletas são formados nas escolas e é fácil ter acesso às piscinas. Com tantos candidatos, sair um Michael Phelps não é complicado”, comparou. Ainda em Charlotte, Thiago Pereira tem quatro provas a disputar: os 200m borboleta, os 200m peito, os 200m medley e os 100m livre.


Talvez você também goste