Mundo Notícias

Milhares protestam na Austrália devido a cortes do governo

[mp_script_post_header]

Milhares de pessoas saíram às ruas das principais cidades da Austrália para se manifestar contra os cortes orçados pelo governo, que afetarão, entre outras medidas, os ministérios de Saúde e Educação. Os manifestantes obrigaram as autoridades há fechar várias ruas de cidades como Sydney, Melbourne e Brisbane, levando cartazes contra os planos do atual Executivo, liderado pelo primeiro-ministro, Tony Abbott. O governo da Austrália apresentou na terça-feira passada o orçamento para o ano fiscal 2014-2015 no qual são incluídos drásticos cortes no gasto público com o objetivo de reduzir o déficit a quase a metade para o próximo ano e conseguir o equilíbrio orçamentário em 2018-2019. O Estado previu o corte durante os próximos dez anos de cerca de 80 bilhões de dólares locais (US$ 74,712 bilhões) ao financiamento de escolas e hospitais. Outras medidas impopulares são ampliar gradualmente a idade de aposentadoria até fixá-la nos 70 anos até 2035 e uma redução de cerca de 16.500 postos de trabalho no setor público.


Talvez você também goste